Saltos. 07 JUN 2021

Duarte Romão vence GP em Peelbergen

Depois da eliminação na Taça das Nações, Duarte Romão não esmoreceu e no último dia do CSIO 3* de Peelbergen encerrou o concurso com a vitória do Grande Prémio.


Tempo de Leitura: 2 Min

duarte romao e familia

 

“Fim de uma semana fantástica no CSIO 3* de Peelbergen!!” É assim que começa por escrever Duarte Romão no seu perfil de Facebook, esta manhã, já no rescaldo de um quatro dias de competição intensos. “Infelizmente sem o resultado que gostaríamos na Taça da Nações, mas a terminar ontem com uma vitória!! Sobretudo foi maravilhoso passar esta semana perto desta equipa incrível”, continua o cavaleiro, que não esquece os agradecimentos a todos os que o ajudaram por estes dias, entre os quais, a sua montada Cayman, que descreve como “um cavalo especial”.

Cayman Jolly Jumper tem apenas 9 anos e é um castrado de raça sela francês, filho de Hickstead. Como o pai, já sabe o que é ganhar, sendo que neste Grande Prémio teve de galopar bem no jump-off, para fazer ouvir o Hino Nacional. Um tempo de 35.77 seg. asseguraram a vitória do conjunto, numa barrage onde três concluíram com zero.

Por Portugal também entraram João Maria Marquilhas/Glamour ES (38.º), Molly Hughes Bravo/Casanova van Overis Z (59.º) e Duarte Seabra /HHS Washington (60.º). Mario Prieto /Vivalgot optou por retirar.

Na Taça das Nações, como Duarte Romão referiu, a prova não correu como esperado. Duarte, que entrou com Karel VDB, foi eliminado e Portugal não foi além do 12.º lugar, em 13 equipas. Nesta classe, nota para os dois percursos de Mário Prieto com Vivalgot , ambos terminados com 1 ponto por excesso de tempo. Completaram a equipa João Marquilhas e Duarte Romão. A Taça das Nações foi ganha pela Irlanda, com a Grã-Bretanha em 2.º e a Espanha em 3.º.

Confira os resultados completos AQUI

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades