Dressage. 31 MAI 2021

Portugal 2.º na Taça das Nações de Compiègne [VÍDEOS]

Fim-de-semana de emoções o que se viveu em França, de onde os cavaleiros nacionais regressam com bons resultados na bagagem.


Tempo de Leitura: 3 Min

Portugal - compiegne 01

A prova mais aguardada era a Taça das Nações, de nível 5*, a que Portugal se apresentou com uma equipa constituída por: Maria Caetano/Fenix de Tineo, Hoão Torrão/Equador MVL e Rodrigo Torres/Fogoso.

Depois de contabilizadas as classificações do Grande Prémio (GP), Grande Prémios Especial (GPS) e Kur (GPK), Portugal alcançou o 2.º lugar do pódio, atrás apenas da Suécia. A Inglaterra subiu ao 3.º degrau, numa Taça que contou com dez nações: Bélgica, Dinamarca, França, Grã-Bretanha, Japão, Holanda, Portugal, Rússia, Suécia e Suíça.

Portugal - compiegne 02

Dos conjuntos portugueses apenas João Torrão e Equador MVL disputaram a prova com música, onde aliás o luso estreou a sua nova Kur [notícia AQUI], com grande sucesso, a julgar pela nota de 77.490% que lhe foi atribuída pelos juízes e cuja reprise pode assistir em VÍDEO AQUI.

O GPK foi ganho por Patrik Kittel com Well Done de la Roche CMF com 81.455%. Esta classe contou ainda com a presença em pista do lusitano Farão da Raia, montado pelo francês Alexandre Ayache com 67.110%.

Já no GPS o melhor resultado nacional foi alcançado por Maria Caetano que, com Fénix de Tineo, se posicionou em 8.º lugar com 70.574%. Rodrigo Torres e Fogoso fechou o Top 10, avaliados em 69.872%.

O nível máximo do CDI5* teve 32 conjuntos a concurso que se estrearam no sábado no GP. Aqui Equador fez 73.174% (9.º) , Fogoso 70.044% (15.º) e Fénix de Tineo 69.522% (19.º), em prova ganha, sem surpresas pelo sueco Patrik Kittel/Well Done de la Roche CMF, com uma nota de 78.065%.

 

CDI3*
Vários cavaleiros nacionais estiveram a competir neste nível. Depois do Grande Prémio [notíca AQUI], Duarte Nogueira e Beirão realizaram o GPS, onde 67.617% lhe valeu o 15.º posto, em classe ganha por Cathrine Dugour, da Dinamarca, com Vamos Amigos e 76.489%.

Já no GPK, os suecos dominaram, ocupando dois dos três lugares cimeiros, mas os lusos realizaram boas prestações, com Carlos Pinto/Sultão Menezes de la Gesse em 4.º com 73.150%, seguido na tabela classificativa por Filipe Canelas Pinto/Fortuna 424, com uma nota de 71.860%.

 

CDIU25
No Grande Prémio destinado a cavaleiros entre os 16 e 25 anos, Francis Vila Nova deu nas vistas com um 3.º lugar alcançado com o westfalian Sir Saburo (68.632%), de sua propriedade. O conjunto subiu uma posição no GPK e uma nota de 73.080%, não muito longe da vencedra Estelle Wettstein (SUI) que com Great Escape Camelot obteve 73.885%.

 

Outras provas
Este concurso internacional em Compiègne contou ainda com provas destinadas a póneis, Juniores e Young Riders.
O juiz internacional português Frederico Pinteus esteve a avaliar as provas, com a comitiva portuguesa também a integrar os juizes nacionais Miguel Gonçalves (JN2) e Lea Forge (JN1), que foram a secretariar os juizes internacionais, como formação complementar.

 

Resultados completos e vídeos das provas AQUI

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades