Dressage. 17 MAI 2021

O céu e o inferno em Munique

No Grande Prémio e Grande Prémio Especial os alemães não deixaram nenhum prémio em mãos alheias, mas na Freestyle, cerca de um ano após ter saído do coma, o espanhol Juan Matute Guimon dançou para a vitória. Daniel Pinto foi eliminado.


Tempo de Leitura: 2 Min

Jessica von Bredow-Werndl

Jessica von Bredow-Werndl / Facebook da cavaleira

 

Uma parada de estrelas foi o que se assistiu no CDI4* de Munique, concurso que decorreu entre 13 e 16 de Maio.

A jogar em casa, os alemães estiveram em maioria e entraram no Grande Prémio logo a conquistar os quatro primeiros lugares:

1. Jessica von Bredow-Werndl/TSF Dalera BB - 81.609%

2. Dorothee Schneider/Showtime FRH - 79.109%

3. Isabell Werth/DSP Quantaz - 76.674%

4. Hubertus Schmidt/Escolar - 75.565%

No dia seguinte, no Grande Prémio Especial, os lugares cimeiros não sofreram alterações na classificação, com apenas as notas a subirem:

1. Jessica von Bredow-Werndl/TSF Dalera BB - 84.702%

2. Dorothee Schneider/Showtime FRH - 82.468%

3. Isabell Werth/DSP Quantaz - 80.000%

4. Hubertus Schmidt/Escolar - 76.128%

Para domingo ficou o guardado o Grande Prémio Freestyle e foi com grande entusiasmo que se assistiu à prova e vitória de Juan Matute Guimon, cavaleiro espanhol que em Maio de 2020 fintou a morte, após uma hemorragia cerebral, que o deixou em coma durante várias semanas [notícia AQUI].

Matute Guimon tem vindo num crescendo, à medida que recupera a sua forma física e rotina competitiva. Em Munique, competiu com o hanoveriano Quantico e depois de um Grande Prémio onde foi avaliado em 70.391% (14.º), saltou para a vitória da Freestyle com 76.400%

Em 2.º lugar no Grande Prémio Kur ficou a alemã Lena Waldmann/Fiderdance (76.140%), seguindo-se a austriaca Astrid Neumayer/Zap Zap (75.900%).

Fora de pista, por estes dias, esteve o juiz internacional português Frederico Pinteus, ele que também estará em breve no CDIO5* de Compiègne.

Pinteus-Munique2021

Resultados completos do CDI de Munique AQUI

 

 

Daniel Pinto eliminado

Se para alguns o CDI4* de Munique foi sinónimo de alegria extrema, para outros ficará marcado como um concurso bem menos feliz.

O cavaleiro olímpico português Daniel Pinto estava inscrito no evento com Santurion de Massa, naquele que seria um dos concursos de preparação para as importantes provas deste Verão (Jogos Olímpicos e Campeonato da Europa), que se encontravam à distância de uma chamada do seleccionador nacional.

Após Santurion ter passado na inspecção veterinária, e apenas um dia após Daniel ter celebrado o seu aniversário, na sexta-feira (14 de Maio) o cavaleiro luso do Sport Lisboa e Benfica apresentou-se ao Grande Prémio, sendo o último da ordem de entrada. Contudo, Santurion acabou eliminado devido a claudicação.

Recorde-se que Santurion esteve quase dois anos parado fruto de uma lesão, tendo regressado às pistas em Junho de 2020, num CDN na Golegã [notícia AQUI].

Santurion_Daniel_pinto

Daniel Pinto e Santurion na Golegã/2020 (c) ABR Fotografia

Em Dezembro passado o conjunto sagrou-se Vice-Campeão Nacional em Alter [notícia AQUI].

Do plano de provas do cavaleiro fazia também parte a presença, pela equipa nacional, no CDIO de Compiègne, de 27 a 30 de Março [notícia AQUI] 

 

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades