Dressage. 17 FEV 2021

FEP estabelece protocolo com Fac. de Med. Vet de Lisboa

O acordo vem permitir descontos de 50% nos custos base de exames de diagnóstico para equinos das equipas nacionais.


Tempo de Leitura: 1 Min

shutterstock_1435510967

O protocolo com a Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa foi anunciado esta segunda-feira, numa videoconferência da Federação Equestre Portuguesa (FEP) com os jornalistas. Luís Faísca, vice-presidente com o pelouro da dressage e seleccionador nacional, explicou que o Prof. Luís Lamas, médico-veterinário da FEP será o coordenador do protocolo, que envolve parcerias entre para formações, bem como o acesso privilegiado a exames para equinos integrados nas equipas nacionais.

Em causa estão exames complementares de diagnóstico como sejam ressonâncias magnéticas, TAC, raio X ou endoscopias. Luís Faísca sublinhou a importância deste protocolo, uma vez que “até há pouco tempo, cavalos com problemas mais complicados tinham que se deslocar ao estrangeiro para fazer essas intervenções”. A partir de agora, o protocolo permite um desconto de 50% nos custos base destes exames.

Algo que já não é novidade e que continuará a acontecer será o envolvimento de alunos e professores na actividade equestre, para desenvolver estudos e trabalhos relacionados com o tema. “É bom trazer a academia para esta área”, afirmou Luís Faísca.

Paralelamente, o protocolo conta com uma vertente de consultadoria técnico-científica afeta às áreas da medicina desportiva e de alto rendimento, para a organização de equipas de medicina veterinária de fisioterapia, reabilitação, planos de nutrição, cirurgia ou medicina desportiva.

Autor:

Cátia Mogo

catiamogo@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades