Saltos. 08 FEV 2021

Luís Sabino a dar cartas nos EUA

Só este fim-de-semana o cavaleiro colocou as suas montadas em 2.º e 3.º lugar em provas FEI.


Tempo de Leitura: 1 Min

Sabino EUA

Foto: Instagram Luís Sabino Gonçalves

Luís Sabino Gonçalves partiu, neste início de ano, para uma temporada de saltos na Califórnia, nos Estados Unidos da América e já está a dar que falar no CSI Désert International Horse Park Circuit.

Este fim-de-semana, no GP a 1,50m do CSI3*, colocou Argan de Beliard em 2.º lugar, depois de uma primeira mão sem faltas e de um jump-off em 34,04''. Os locutores da competição destacaram a experiência do cavaleiro português, bem como a grande passada do seu cavalo, dizendo mesmo que estavam perante "um cavaleiro e um cavalo rápidos, que esmagaram o tempo de Richard Spooner", que era o líder da prova até ao momento.

Nesta prova, Luís foi apenas batido por Christian Heineking/NKH Centoblue, que fez 33,3''. Com Camino Imperio Egípcio, ficou ainda na 18.ª posição, com 4 pontos.

Sabino e camino EUA

No dia seguinte, o cavaleiro entrou com Camino Império Egípcio na prova FEI de 1,45m e foi 3.º classificado.

Na prova de 1,55m, Luís Sabino não conseguiu a passagem ao desempate, tendo colocado os seus cavalos em 11.º e 12.º.

No Desert Circuit, o português conta ainda com o jovem cavalo Dário.

Luís Sabino está nos EUA com Bruno Diniz das Neves, cavaleiro luso residente em San Diego, que o acolheu nas suas instalações e que também está a participar no circuito.

Acompanhe os resultados AQUI.

Notícias relacionadas:

 

Autor:

Cátia Mogo

catiamogo@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades