Criação. 17 NOV 2020

Rubi é um dos melhores garanhões de dressage do Mundo

O cavalo lusitano olímpico é, de acordo com o ranking da World Breeding Federation for Sport Horses (WBFSH) um dos trinta melhores garanhões de Dressage em 2020.


Tempo de Leitura: 2 Min

Rubi foto facebook christine

Foto: Facebook Christine Jacoberger

Nas redes sociais, a proprietária, Christine Jacoberger, mostra a felicidade pelo feito: “Grande Rubi AR, o cavalo de todas as conquistas! Depois de ter ultrapassado todas as nossas melhores esperanças enquanto atleta, o Rubi AR escreve agora mais uma página na história, ao tornar-se um dos melhores garanhões no mundo inteiro, graças à descendência que tem a competir internacionalmente em Big Tour”.

A proprietária do cavalo que agora ocupa o 27.º lugar do ranking da WBFSH não esquece também a coudelaria de Alter, que parabeniza, como “criador deste cavalo incrível”, assim como agradece aos “cavaleiros talentosos que hoje levam a descendência do Rubi ao mais alto nível. Vendo os resultados dos produtos mais jovens do Rubi, apostamos que serão cada vez mais a competir em Big Tour em breve”.

Recorde-se que Rubi  (Batial x He-Xila por Xaquiro) terminou recentemente as funções de reprodutor, depois de um pequeno susto a nível cardíaco, havendo ainda assim, sémen congelado disponível.

Rubi AR foi finalista nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, e é um garanhão de mérito na raça lusitana, recomendado para o ensino, tendo actualmente três filhos entre os cinco melhores cavalos de Grande Prémio portugueses do mundo, segundo o ranking de Dressage FEI: Coroado AR, Beirão AR e ainda Fenix de Tineo. Entre os mais de 300 filhos que tem espalhados pelo globo, há, até ao momento, 26 garanhões aprovados e uma centena de éguas no livro de adultos.

Confira o ranking AQUI

Notícias relacionadas:

- Rubi termina funções de reprodutor

 

Autor:

Cátia Mogo

catiamogo@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades