Dressage. 16 NOV 2020

Wequador Stables adquire dois garanhões KWPN

Ambos os cavalos, Diëgo e Glenn, chegaram recentemente a Portugal, à Coudelaria Mascarenhas Cardoso, em Albufeira.


Tempo de Leitura: 1 Min

Diego crop

O proprietário holandês Gert-Jan van Olst vendeu o garanhão aprovado KWPN Diëgo, de 12 anos, treinado ao nível de Grande Prémio, aos Wequador Stables, gerido pela também ela holandesa, Edit van Wanrooij.

A montada foi entregue a Briana Vintila, treinada por Luís Miguel Santos. Ambos estão sedeados na Coudelaria Mascarenhas Cardoso, no Algarve. À EQUITAÇÃO, Luís Miguel Santos explicou que o objectivo é colocar o conjunto a competir em Children, tanto nacional como internacionalmente.

O garanhão, filho de Negro por Ballerina II (por Don Gregory x Rubinstein), foi aprovado em 2011, tendo um resultado final de 79,5.

Sob a monte de Severo Jurado Lopez, sagrou-se vice-campeão das Finais da Taça Pavo, de 2012, atrás de Desperado.

Diego

Debutou ao nível de Intermediária II em Maio de 2018, tendo depois subido ao nível de Grande Prémio, com a cavaleira Anne van Olst. Um ano mais tarde, Franka Loos ficou em sexto com ele no Campeonato Nacional holandês Sub25.

Ainda não competiu ao nível internacional, mas já conta com descendência de sucesso, como é o caso de Don Joe, que ganhou recentemente provas da small tour internacional no CDI de Hagen, com Charlotte Fry. 

Juntamente com Diego, veio ainda Glenn, de três anos, também ele aprovado como garanhão KWPN.

Fonte: eurodressage.com

Autor:

Cátia Mogo

catiamogo@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades