Dressage. 17 ABR 2020

Discutidas propostas para o Calendário de Dressage da FEI

O Grupo de Trabalho de Dressage criado pela Federação Equestre Internacional (FEI) para avaliar o impacto da pandemia de Covid-19 no seu calendário, já realizou a sua primeira reunião por videoconferência, para propor formas de mitigar os efeitos que o vírus causou na época desportiva.


Tempo de Leitura: 3 Min

Maria Caetano

© Dirk Caremans/Hippo Foto

A reunião do Grupo de Trabalho de Dressage, um dos oito grupos específicos de cada disciplina equestre, para avaliar as consequências causadas pelo novo coronavírus e propor as suas soluções, realizou-se ontem, 16 de Abril, e foi coordenada pela secretária-geral da FEI, Sabrina Ibáñez, que tem a seu cargo a responsabilidade do calendário da FEI e da gestão dos grupos. Os principais tópicos discutidos pelo grupo incluíram:

- Prazos para as Federações Nacionais voltarem à FEI com datas alternativas para eventos que pretendem reagendar em 2020;

- Regras relacionadas com conflitos de datas e solicitações de alteração de datas/datas tardias;

- Priorizar todos os CDIOs;

- Campeonatos de Dressage em 2020 e 2021;

- Taça das Nações de Dressage de 2020 e a final Taça do Mundo de Dressage de 2021;

- Iniciativas para ajudar os organizadores;

As propostas do Grupo serão agora levadas ao Conselho da FEI para consideração. O Conselho já encarregou também cada um dos Grupos de examinar o impacto das mudanças de datas solicitadas nos eventos existentes no Calendário e apresentar soluções.

O Presidente da FEI, Ingmar De Vos, está a ser actualizado sobre o trabalho de cada um dos Grupos e quando for necessário irá ajudar na finalização das sugestões, para serem apresentadas ao Conselho da FEI para aprovação.

Os membros que participaram na videoconferência de Dressage foram os vice-presidentes da FEI, Mark Samuel e Jack Huang, o presidente do Comité de Dressage da FEI, Frank Kemperman, o vice-presidente da Federação Equestre Europeia, Ulf Helgstrand e atletas da disciplina.

Colaboraram ainda, Beatriz Ferrer-Salat e Thomas Baur, representantes da Associação Internacional de Organizadores Equestres, o director de Dressage da FEI, o administrador do calendário da FEI e representantes dos departamentos de TI, jurídico e governamental da FEI.

A próxima reunião está marcada para 20 de Abril e irá realizar-se em conjunto com três Grupos de Trabalho: Atrelagem, Volteio e Reining. O objectivo desta videoconferência é o Campeonato Europeu da FEI para Jovens e Séniores de 2020 e 2021, que é a questão mais urgente do calendário. Posteriormente, serão realizadas reuniões separadas com cada Grupo de Trabalho.

Datas das próximas reuniões

A próxima reunião está marcada para 20 de Abril e irá realizar-se em conjunto com três Grupos de Trabalho: Atrelagem, Volteio e Reining. O objectivo desta videoconferência é o Campeonato Europeu da FEI para Jovens e Séniores de 2020 e 2021, que é a questão mais urgente do calendário. Posteriormente, serão realizadas reuniões separadas com cada Grupo de Trabalho.

22 de Abril - Saltos de Obstáculos (2.ª reunião)

24 de Abril - CCE

28 de Abril - Dressage (2.ª reunião)

29 de Abril - Atrelagem

30 de Abril - Paradressage

O primeiro Grupo de Trabalho a reunir-se online foi o de Saltos de Obstáculos, no inicio do mês de Abril. Saiba o que foi discutido aqui.

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades