Eventos. 07 ABR 2020

Sector debateu bem-estar equino

Ainda antes do Covid-19 ter obrigado o nosso país a optar pelo estado de emergência, a cidade de Évora foi a tempo de receber as XII Jornadas do Hospital Veterinário Muralha de Évora e da Equimuralha.


Tempo de Leitura: 4 Min

jornadas

O Hospital Veterinário Muralha de Évora (HVME), em parceria com a Equimuralha e a Repromuralha realizou mais uma edição das suas jornadas, que consiste num dos congressos com maior expressão em Portugal na área dos bovinos de carne e equinos.

O evento decorreu no segundo fim-de-semana de Março e de acordo com a organização, terminou com êxito “sendo um ano de enorme sucesso e de recorde no número de participantes, expositores e oradores.” Tudo aconteceu, como habitualmente, no Évora Hotel.

O tema central da sala dos equinos foi o «Bem-estar equino: da teoria à prática». “Na verdade, é de extrema importância, neste tema em particular, realizar o caminho dos conceitos teóricos à realidade prática. Assim, inúmeros diversos oradores de backgrounds deram o seu contributo e partilharam as suas experiências com o público que incluía criadores, cavaleiros, gestores equinos, médicos veterinários e estudantes”, referiu a organização das Jornadas.

Durante o dia foram debatidos várias outras questões que provocam impacto no bem-estar equino, “a Dra. Maria Jorge revelou alguns aspectos práticos da legislação mais recente nesta área. Alfonso e Arien Aguilar, treinadores e especialistas em comportamento equino mostraram como o treino pode ser uma forma de devolver ao cavalo o "trabalho", que este tem da vida selvagem na luta pela sobrevivência (alimento, água, abrigo, auto defesa, interacção social), e que lhe é retirado com a domesticação.”

Foram ainda realçados os cuidados dentários regulares, por parte do Dr. Salvador Falcão, que são de extrema importância para a optimização da qualidade de vida e do rendimento dos cavalos.

O impacto dos problemas associados à obesidade equina foram magistralmente expostos pelo Dr. Gonçalo Silva, diplomado em medicina interna da Universidade de Lisboa, transmitindo várias estratégias de prevenção e tratamento.

Várias questões práticas e a desmistificação de alguns mitos associados ao transporte foram abordados pelo Dr. João Crespo.

O cirurgião Luís Lamas diplomado da Universidade de Lisboa, expôs as principais abordagens clínicas aos tumores de pele, reforçando a necessidade de actuar o mais cedo possível para obter melhores resultados. Ainda no âmbito da dermatologia, a Dra. Mónica Mira actualizou a literatura e os tratamentos mais recentes à dermatite de quartelas.

Outro tema da máxima importância no bem-estar equino, e ainda bastante negligenciado no nosso país, é o da detecção de problemas na adaptação do arreio ao cavalo, que foi exposto de forma prática pelo Dr. João Paulo Marques.

O dia terminou com a partilha de diferentes pontos de vista, que de acordo com o comunicado emitido à imprensa, “foi unânime a necessidade de todos os técnicos do sector terem uma voz mais activa, não deixando que pessoas sem formação nem ligação ao mundo real do cavalo, opinem e ditem leis, muitas vezes de uma forma radical, sobre temas que desconhecem.”

A 12.ª edição das Jornadas do Hospital Veterinário Muralha de Évora e da Equimuralha terminou com a habitual prova de vinhos e produtos regionais, e com workshops para proprietários e médicos veterinários de equinos.

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades