Saltos De Obstáculos. 18 FEV 2020

França continua a dominar no Vilamoura Atlantic Tour

Desta vez a vitória do Grande Prémio foi garantida pelo francês Mathieu Billot.


Tempo de Leitura: 2 Min

Mathieu Billot - foto de one shot

Foto: One Shot

Depois das duas vitórias consecutivas do francês Titouan Schumacher na prova-rainha, o seu conterrâneo Mathieu Billot mostrou que também sabe o que faz. Com um total de 48 conjuntos, apenas oito conseguiram classificar-se para o jump-off. Mas foi o tempo o factor decisivo, visto que apenas três binómios terminaram o percurso sem faltas.

Além do vencedor Mathieu Billot, que montou Quel Filou 13 e concluiu a prova em 33s49’’ sem faltas, também a holandesa Anouk de Ruijter, com Quantas 15, conseguiu um percurso limpo e embora tenha sido mais lenta (38s22’’), ocupou ainda o segundo lugar. Já em terceiro ficou a britânica Charlene Bastone com Sanlou, em 42s96’’.

Neste GP qualificativo para o Europeu da Juventude 2020, e que contava ainda para o ranking mundial, o vencedor dos dois Grande Prémios anteriores, Titouan Schumacher, montou desta vez Eliot Brimbelles Z e desceu até à quarta posição, concluindo com quatro pontos em 34s76’’. Recorde-se que o cavaleiro francês competiu com Atome Z nas outras duas provas-rainhas.

O português a conseguir a posição mais alta foi Francisco Fleming De Oliveira com Tresor Derick no 31.º lugar, seguindo-se em 32.º Hugo Tavares/Cicero 117; em 35.º Luís Sabino Gonçalves/Apremier e em 41.º Mandy Mendes Costa/Record d'Oreal. Alexandre Faustino/Benhur de Salinas e Carolina Oliveira Gonçalves/Carlton du Friou Imperio Egipcio, retiraram.

No sábado decorreu a prova de 1,40m, onde Francisco Fleming De Oliveira juntou-se ao pódio em terceiro lugar. O português montou Dublin S e terminou com um percurso limpo num tempo de 55s28’’.

Participaram um total de 42 conjuntos e o vencedor foi o italiano Roberto Turchetto, na sela de Adare (0pts./52s78’’). O segundo classificado foi Mathieu Billot, vencedor do GP, que montou Lagavulin 2 (0pts./53s47’’).

Destaque ainda para a 4.ª posição de Mandy Mendes Costa/Conchento PS (0pts./42s62’’) e a 8.ª de Hugo Tavares/Cicero 117 (0pts./40s84’’) na prova de 1,45m, na sexta-feira. Foram 51 duplas à pista, sendo que 10 passaram ao desempate. A vitória acabou por pertencer ao irlandês Michael Pender com Hhs Javas Gucci (0pts./36s04’’).

A terceira semana chegou ao fim com a França a dominar mais uma vez, mas a quarta já começou e pode acompanhar os resultados aqui.

 

Notícias relacionadas:

- Vilamoura Atlantic Tour já começou

- António Matos Almeida ao melhor nível no Vilamoura Atlantic Tour

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades