Criação. 10 DEZ 2018

Lusitanos Aníbal Liberal - O regresso às origens

A paixão pelos cavalos surgiu no século XIX através de José Diogo de Andrade, bisavô de Aníbal Liberal que, passadas várias gerações, regressou às origens da família, criando em 2015 a Coudelaria Lusitanos Aníbal Liberal.


Tempo de Leitura: 6 min

"Talvez seja uma questão de genética", é assim que Aníbal Liberal descreve a sua ligação ao mundo dos cavalos. Foi o bisavô José Diogo de Andrade, aficionado deste nobre animal, que se «aventurou» nesta área, criando uma coudelaria de Lusitanos em Vila Garcia (Trancoso) que, à época, "era uma das fornecedoras de cavalos para o Exército. Na altura havia muita dinâmica, com 50 éguas. Depois a geração seguinte perdeu essa tradição, as pessoas saíram do interior e isto ficou esquecido", revela o criador.

Mas em 2015 Aníbal Liberal «deitou mãos à obra» e retomou a tradição familiar, começando a criar as condições para criar Lusitanos. "Felizmente que as propriedades se mantiveram na família e essa foi a base porque, caso contrário, se tivéssemos de comprar terrenos o investimento seria uma loucura", confessa. O trabalho inicial foi então limpar terrenos que estavam ao abandono, fazer vedações e criar infra-estruturas. "É um processo que ainda continua e estamos a investir para tentar estar entre os melhores daqui a uns anos. Agora estamos a apostar na parte genética e espero ser uma referência, pelo menos, no interior do país", são os desejos do criador.

Lusitanos Aníbal Liberal_2

Linhagem

O principal foco na criação é a Dressage, "porque acho que é onde o cavalo se mostra e desenvolve todos os seus andamentos e potencial", admite Aníbal Liberal, acrescentando ainda que é também "a disciplina que valoriza mais os cavalos".

Com isso em mente e procurando "não fugir aos padrões da Raça", o primeiro garanhão a ser adquirido foi Snob, ferro Félix da Costa que ainda hoje, com 19 anos, "continua a manter uma linha bonita e é fisicamente muito bom. É, possivelmente, o único filho do Universo que continua no activo. Este ano nasceram os primeiros filhos do Snob e gosto muito deles", assegura.

O outro garanhão da casa é Herudito, ferro Coudelaria Nacional, adquirido no Leilão de Alter de 2016, aos quatro anos e que está a competir em Dressage com o cavaleiro Salvador Pessanha.

Já na Feira Nacional do Cavalo de 2018, Aníbal Liberal adquiriu Líder, ferro Ortigão Costa, poldro de três neto do Latino. O criador deposita grandes esperanças nele: "é um cavalo forte, grande e muito equilibrado. O ADN já se vê nos andamentos. Acho que vai ser um cavalo super reconhecido. Espero aprová-lo no próximo ano e entretanto vou encher uma ou duas éguas para experimentar".

Quanto aos animais já nascidos em casa, o criador destaca Neruda, poldro de um ano, filho também de um cavalo ferro Ortigão Costa. Questionado sobre as principais características do animal, Aníbal descreve-o como "bonito, com força e bons andamentos. A base parece-me boa, vamos agora esperar que, quando for montado, mantenha a mesma postura e os mesmos andamentos".

Herudito

Salvador Pessanha com Herudito em Cascais (Foto: Rita Fernandes)

Herudito

É neste Lusitano de seis anos que o criador mais aposta num futuro próximo, estando a competir já em provas de Dressage com Salvador Pessanha, cavaleiro que Aníbal descreve como "uma pessoa séria e honesta. Tiro-lhe o chapéu todos os dias. Tem uma seriedade que já não se vê". O objectivo com Herudito é chegar ao nível de Grande Prémio e "para já, os indicadores são bons. Ainda há um trajecto muito grande até lá, mas acho que tem potencial". Prova da qualidade do animal está a sua selecção, no início de 2018, para o projecto da APSL destinado a cavalos novos de Dressage, tendo feito uma apresentação pública no Festival Internacional do Cavalo Lusitano, em Cascais.

Para além dos projectos a nível desportivo, o Lusitano também já despertou a atenção de outros criadores. "No ano passado vendemos algum sémen fresco para o Alentejo e Ribatejo. No meio de tantos garanhões que há nessas regiões, virem buscar um ao interior do país já é um indicador bem positivo", diz, orgulhoso.

O criador levou também já Herudito à Luso Pecus, o primeiro centro de colheita de sémen registado em Portugal, para congelar sémen. "Segundo a Drª Cristina, o sémen tem um nível de concentração bom e é uma maneira de me precaver, para além de poder vender. Como é um laboratório certificado, posso vender para toda a Europa e isso é uma mais-valia", afiança.

Para chegar ao mercado internacional, a coudelaria Lusitanos Aníbal Liberal está ainda presente em plataformas como o Lusitanos Market.

Lusitanos Aníbal Liberal_1

Criar no interior

É em Vila Garcia, em Trancoso, que os Lusitanos são criados numa propriedade com cerca de 200 hectares. Com um efectivo de 24 animais, a Coudelaria dispõe de várias boxes, picadeiro, paddocks para as éguas e boas pastagens com água do rio. "Em termos paisagísticos, é muito bonito. Aqui criamos em altitude, os cavalos ficam com outras características a nível respiratório, criando mais resistência. Os terrenos também não são planos e, por isso, os poldros começam logo a trabalhar os músculos. São cavalos criados com uma preocupação ambiental, têm espaço ao ar livre, pastagens biológicas e considero isso uma vantagem", explica. Outro aspecto que Aníbal considera vantajoso é o facto de "aqui não haver piroplasmose ou há pouco. Nos animais que já nasceram cá em casa não tenho esse problema". O criador deixa ainda claro que "nós não criamos só por dinheiro. É verdade que tem que haver dinheiro para continuar, mas criamos por amor e, quando assim é, cria-se de uma maneira diferente".

No entanto, criar no interior do país "é difícil porque em termos de provas e de laboratórios, fica tudo longe. Se precisamos de um veterinário, tem de vir de Viseu", explica o criador, dando ainda o seguinte exemplo: "há tempos tinha uma estrangeira interessada num cavalo e a primeira pergunta que me fez foi a quantos quilómetros estava no aeroporto. Depois acabou por não vir".

Não obstante as dificuldades, Aníbal Liberal está motivado em continuar com este projecto e confiante de que os seus animais lhe vão trazer muitas alegrias.

 

Localização:

Casa da Capela, Vila Garcia

6420-782 Trancoso

 

Contactos:

Website: www.lusitanosaniballiberal.com

Facebook: Anibal Louro Liberal (Coudelaria AL)

 

Aníbal Liberal

 

 

Autor:

Carla Laureano

carlalaureano@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO?

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades