Saltos. 15 OUT 2020

Competição termina em Saint Tropez

Depois de quatro meses de saltos no Hubside Jumping, o evento no sul de França chega à recta final esta semana.


Tempo de Leitura: 2 Min

Scott brash

Desde 17 de Junho que Grimaud, na baía de Saint Tropez tem vindo a receber vários concursos de saltos internacionais no Hubside Jumping, que foram a base de muitos dos melhores cavaleiros do mundo, dados os inúmeros cancelamentos que a pandemia forçou.

Este fim-de-semana é, assim, a última oportunidade para ver saltar as estrelas mundiais, com a competição a estar aberta ao público, de forma gratuita, com a obrigação de usar máscara.

Desde o final do confinamento foram tão poucos os concursos organizados que muitos foram os que se deslocaram para Grimaud para dar aos cavalos a hipótese de competir e onde descobriram uma localização e infra-estruturas unanimente elogiadas.

Hubside

Quatro cavaleiros destacaram-se na multidão, graças à lista de vitórias no Hubside Jumping 2020: o holandês Maikel van der Vleuten, o belga Niels Bruynseels e o escocês Scott Brash, cada um com duas vitórias nos Grandes Prémios de 4*, tal como o suíço Steve Guerdat, que ganhou o primeiro Grande Prémio de 5* organizado em Grimaud.

No total foram onze semanas de competição onde se entregaram mais de 4 milhões de euros em prize-money. A grande final é esta semana, com os desenhos de pista do francês Cédric Longis, e estarão presentes todos os vencedores dos GP já disputados, os actuais campeões do mundo por equipas Kevin Staut e Philippe Rozier, a actual campeã do mundo por equipas, a alemã Simone Blum, ou até o campeão da europa, o suíço Martin Fuch. Disputam-se um CSI1, um CSI2 e um CS4*, com uma dotação total de 276 mil euros, 100 mil dos quais no GP do CSI4*

Confira a lista completa de participantes AQUI.

Fotos: Facebook Hubside Jumping

 

Autor:

Cátia Mogo

catiamogo@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades