Dressage. 31 AGO 2020

João Torrão e Equador MVL quebram recordes

O conjunto estabeleceu novos recordes nacionais em Grande Prémio e Grande Prémio Especial, no CDI3* que decorreu na Quinta da Beloura, este fim-de-semana.


Tempo de Leitura: 4 Min

Joao Torrao Equador - ABR

Logo na sexta-feira, João Torrão e o Puro Sangue Lusitano Equador MVL (Quo Vadis x Que-Ha) deram que falar, ao pontuarem 77% no Grande Prémio, destacando-se (e muito) dos restantes concorrentes, que não chegaram aos 70%.

Numa classe que contou com cerca de uma dezena de conjuntos, no Grande Prémio Especial (GPE) do dia seguinte, Equador MVL voltou a mostrar-se em óptima forma e preparado para a exigência da prova, “arrancando” dos juízes alguns 9, nomeadamente nas passagens de mão a trote e nas transições passage-piaffe-passage, o que resultou numa média final de 77.468%.

No final do concurso, a EQUITAÇÃO conversou com o cavaleiro da Coudelaria Monte Velho:

No GPE, Maria Caetano - que tem estado em Portugal, nos últimos meses, com a sua quadra – ficou em 2.º lugar com Fénix de Tineo, avaliada em 70.511%, seguindo-se na tabela classificativa, o espanhol José Antonio Garcia Mena com Benzi Landro e 70.170%.

O 4.º lugar foi ocupado por Vasco Mira Godinho, ele que é capa do mais recente número da Revista Equitação e que, com Garrett, recebeu uma nota de 69.660%, mantendo assim a estabilidade que tem vindo a demonstrar nos últimos concursos. Mas sobre isso será melhor ler a entrevista com o cavaleiro.

Se na Big Tour, Garcia Mena teve que se contentar com o 2.º e 3.º lugares (no GP e GPE, respectivamente), na Medium Tour ganhou todos os dias, montando Gladiador do Lis, com notas de 70.853 % e 73.622%.

Já na Small Tour o despique foi entre Maria Caetano e João Oliva. Os cavaleiros - que bem se conhecem - lutaram aguerridamente pelo 1.º lugar, com o brasileiro a levar a melhor no sábado, vencendo com Feel Good VO (71.206 %) e a portuguesa no domingo, com Happy Plus (71.618%). Em ambos os dias, o jovem Yoann Pinto foi 3.º classificado com Douro.

No CDICh-A ficou em 1.º nas duas jornadas a russa Agata Zakhrabekova/Ein Champion ZS, seguida do luso Guilherme Espadinha Chaves/Maestoso Tiberia. Em Juniores liderou Marta Fernandes Marques/Husseim V.O., em Jovens Cavaleiors Catarina Lucas Lopes/Ferrolho e nos Sub-25 Martim Meneres/Equador.

Por fim, na categoria de Póneis, as russas Karina Zakhrabekova/FS Daddy S Sunshine e Polina Solodkina/Pentagon, dividiram entre si o 1.º e 2.º lugares nos dois dias, com Francisco Braz/Der Kleine Choco-Boy We a ter de se contentar com o 3.º posto.

Quanto a cavalos novos, nota para Jasmim Plus, de 6 anos, que, com Maria Caetano depois de 79.900% no primeiro dia, subiu para os 82.400% no segundo. Também Limbro da Hermida, de 5 anos, se destacou, montado por Frederico Mexia de Almeida, alcançando 79%. Em 7 anos, Imperador dos Cedros, com Vasco Mira Godinho foi o único concorrente.

Para além do CDI3*, a Beloura recebeu também um CDN, onde destacamos a vitória de João Embaixador na prova maior. No segundo Grande Prémio do cavaleiro de Sesimbra, com Furacão, o conjunto foi avaliado em 65.022%. O CDN contou igualmente com provas de Big, Médium e Small Tour, níveis Complementar, Elementar, Média, Juniores, Jovens Cavaleiros, Paradressage e Cavalos Novos de 4 anos.

 

Confira os resultados completos:

- CDI3*


- CDN

 

Foto: ABR Fotografia

Notícias relacionadas:

- João Torrão e Equador MVL: Uma combinação perfeita (conheça a história do cavaleiro até à estreia em Grande Prémio, numa entrevista exclusiva à Revista Equitação)

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades