Saltos. 24 JUL 2020

100.º CSIO de Lisboa cancelado pela FEP e entregue a Vilamoura

Sociedade Hipica Portuguesa (SHP) já contestou decisão.


Tempo de Leitura: 4 Min

1905.31.2243-800x500_c

Foto: Portugal foi a nação vencedora do 99.º CSIO de Lisboa (c) Nuno Pragana

A notícia de que “o primeiro CSIO de Vilamoura realiza-se de 16 a 19 de Novembro” foi apresentada no website da FEP no passado dia 17 de Julho e apanhou muitos de surpresa, em particular a SHP, clube que este ano iria organizar a 100.ª edição do evento e tinha o programa do mesmo já aprovado pela FEI.

Em e-mail enviado hoje ao Presidente da FEP, José Elias da Costa, e ao qual a EQUITAÇÃO teve acesso, José Manuel Figueiredo, Presidente da Direcção da SHP, vem manifestar “o maior espanto e indignação por ver aparecer nos calendários da FEP e FEI a organização de um CSIO em Vilamoura, de 16 a 19 de Novembro de 2020.”

Isto porque, devido à pandemia, a SHP pediu um adiamento do evento nas suas instalações, o que acabou por ser aceite, como o mesmo explica: “no inicio de Maio a FEI atribuiu novas datas ao CSIO de Lisboa – 10 a 13 de Setembro - no seu calendário oficial.”

Contudo, “Ainda durante o mês de Maio, a data foi retirada do calendário e eu recebi um telefonema seu [Presidente da FEP] a informar que tinha dado pessoalmente instruções junto da FEI para cancelar o evento. Ficámos perplexos com esta sua iniciativa e pedimos explicações à FEI, que confirmou ter sido a FEP a mandar cancelar o evento.

Não compreendemos logo a razão desta sua iniciativa mas, de boa fé, acreditámos que as razões se prendiam com a ainda instável situação económica e social do nosso País, em fase pós confinamento. Ficámos a aguardar desenvolvimentos.”

Mais à frente, neste e-mail, José Manuel Figueiredo frisa que “Vamos entender que a entrega da realização do CSIO de Portugal de 2020 a Vilamoura, sem a prévia consulta da SHP,  não passa de um mal entendido e que o Sr. Presidente da FEP vai rapidamente corrigir esta situação.

De outra forma, seremos todos obrigados a constatar que nos encontramos perante um ato de clara injustiça em prejuízo da SHP e, mais grave ainda, que indicia o favorecimento ilícito (por conflito de interesses) de uma organização liderada pelo irmão do Vice Presidente da FEP Eng.º João Moura.”

O e-mail termina com a informação de que o mesmo segue com cópia para os Secretário de Estado da Juventude e Desporto, Presidente do IPDJ e, depois de traduzido, para o Presidente da FEI.

Esta é uma situação que já era do conhecimento dos sócios da SHP, informados na última Assembleia Geral do Clube de todos os procedimentos.

Recorde-se que o Congresso da FEP, já adiado por diversas vezes, está marcado para segunda-feira, data em que este tema certamente será debatido, assim como outras decisões recentes da Direcção da FEP que, de acordo com diversas fontes próximas da EQUITAÇÃO, poderá estar demissionária.

Leia a carta na íntegra AQUI

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades