Dressage. 20 JUL 2020

Daniel Pinto e Santurion de Massa conquistam GP e GPS

Realizou-se nos dias 18 e 19 de Julho um CDN e um CDR no Hippos - Centro de Alto Rendimento da Golegã.


Tempo de Leitura: 6 Min

Santurion_Daniel_pinto2

Daniel Pinto/Santurion de Massa - ABR Fotografia (AFonso Rodrigues) 


Apesar das elevadas temperaturas que se fizeram sentir por todo o país e sobretudo no distrito de Santarém, o evento decorreu em bom ritmo com o início das provas a terem os seus horários ajustados pela organização, mostrando-se desse modo atenta ao bem estar dos cavalos e dos cavaleiros, o que contribuiu para mais um êxito da parceria Câmara Municipal da Golegã e Tempus de Ficção, liderada por André Ponces de Carvalho.

Quanto à competição (CDN), o destaque maior vai para a dupla Daniel Pinto e Santurion de Massa que venceu o Grande Prémio com 75,181% e o Grande Prémio Especial com 75,106%. Após o regresso à competição, tem sido notória a cada prova a subida de forma e da condição física deste conjunto e na Golegã ficou bem evidente o que levou mesmo o cavaleiro a comentar as suas performances nas redes sociais congratulando-se com o resultado obtido no GPS: “Hoje senti o meu cavalo realmente disponível e o trabalho de galope foi soberbo” acrescentando que “Santurion é um cavalo muito inteligente e o nosso entendimento está mais forte do que nunca”.

No Grande Prémio que foi disputado por 10 conjuntos, classificou-se no 2.º lugar Nuno Chaves de Almeida com El Romana Plus (69,964%) e, no 3.º posto, Hugo Pereira com Falsario (68,261%).

Já no Grande Prémio Especial, com nove conjuntos a disputarem a prova, repetiu-se a classificação dos dois primeiros lugares, como referido Daniel Pinto e Santurion de Massa a conquistar o 1.º lugar do pódio (75,106%) e Nuno Chaves de Almeida em El Romana Plus (71,950%) no 2.º posto. Alcançou o terceiro lugar da geral, Georgina Rogers no Guiso com 68,333%.

Nota para João Embaixador,que fez a estreia em Grande Prémio neste concurso, às rédeas de Furacão, um animal que monta desde os 3 anos de idade. No Especial o conjunto alcançou o melhor resultado ao ficar em 7.º lugar (66,135%), juntando-se assim a vários outros conjuntos que nestes últimos concursos têm debutado novos cavalos neste nível, alguns dos quais com subidas de notas bastante promissoras.

Nas outras provas do CDN venceram no 1.º dia de competições Marta Marques/Hussein VO (66,263%) na FEI Juniors Team; Gonçalo Diabinho/Devoto (68,088%) na U25; José Ruas/Dant Hapiness (70,588%) na Preliminar 1; Mateus Abecassis/Firefly (69,429%) na Média 1 e André Batista/Luxo (65,469%) na Elementar 1.

Disputaram-se ainda provas destinadas a cavalos novos de 5 e 6 anos com as vitórias a serem alcançadas respectivamente por Lord Hit montado por Gonçalo Carapau (75,600%) e Johnson’s com Hugo Pereira a obter a nota mais elevada do certame com 84,400%. De salientar que Hugo Pereira, cavaleiro sediado na Golegã e que através do seu projecto contou ainda neste concurso com a participação Mónica Ribeiro e José Ruas da Cerejeira Horse Performance Center obtendo boas prestações através de seis das suas montadas, tendo o cavaleiro (José Ruas) inclusive ganho nos dois dias os 4 anos com Libertagen com a média de 68,800% e 82,000%

Na Complementar 1 venceu Mafalda Galiza Mendes/Horizonte (68,932%); na Intermediária A foi Nuno Carvalho/Sandro Plus (65,735%) que alcançou o lugar cimeiro. Venceu a FEI Children Guilherme Chaves/Majestoso Tiberia (69,325%) e a FEI Young Riders Yoann Pinto/Douro (68,676%).

Ainda no primeiro dia de provas, no CDR estiveram em evidência ao ganhar as suas provas João Carles/Gijon (65,268% na Média 1); Andrea Basika/Habitante das Laternas (65,286% na Média 2); Clara Schubert/Importante (60,403%); Svetelana Zhelezovskaya/Forcado do Regato (56,176% na Complementar 2); Beatriz Fernandes/Zico (58,083% na Elementar 3); Ângelo Joaquim/Maltês (64,118% na Preliminar 1); Rodrigo Romão/Maqueiro (58,182% na Preliminar 2) e Carlota Castanheira (58,800% na Preliminar 3).

Hugo_Pereira

Hugo Pereira/Falsario - foto RPG (cedida pelo cavaleiro) 


No 2.º dia de provas, estiveram em foco os vencedores de cada uma das suas provas, a saber: Prova Intermediária 1: Mafalda Galiza Mendes/Isco (70,343%); Prova St. George: Iris Costa/Safado (57,167%); Intermediária B: Nuno Carvalho/Sandro Plus (63,919%); Preliminar 2: José Ruas/Dant Hapiness (70,833%); Média 2: Mateus Abecassis/Firefly (67,810%); Elementar 2: Ricardo Ramalho/Lírio do MD (67,167%); Complementar 2: Mafalda Galiza Mendes/Horizonte (72,304%).

Na prova FEI Juniores Individual, venceu Marta Marques/Jivago (67,353%); na U25 e na FEI Children voltaram a ganhar respectivamente Gonçalo Diabinho/Devoto com 65,983% e Guilherme Chaves/Majestoso Tiberia (69,106%). Na FEI Young Riders quem venceu no segundo dia foi Catarina Lucas Lopes/Ferrolho (69,775%).

Nos cavalos novos do 2.º dia quem venceu nos 4 anos e como mais atrás demos já conta foi Libertagen com José Ruas e 82,000%; nos 5 anos, uma vez mais, o cruzado PFC, Lord Hit com Gonçalo Carapau (77,400%), da equipa Ralão Drssage e nos 6 anos Johnson’s com Hugo Pereira e 82,200%.

No CDR ao segundo dia, venceram a Complementar 2 Svetelana Zhelezovskaya/Forcado do Regato (60,735%); Média 2 João Carles/Gijon (58,286%); Média 2 Filipa Canelas Pinto/Iota (60,357%); Média 3 Clara Schubert/Importante (56,145%); Preliminar 2 Ângelo Joaquim/Maltês (66,364%) e na Preliminar 3 Carlota Castanheira/Obliquo (62,800%).

Foram ainda disputadas provas de Paradressage ao longo dos dois dias do evento, com vitórias de João Castelo/Equador no sábado e domingo com 63,939% e 60,931%, respectivamente; Grau III (1.º dia) Pedro Felix/Grijó (67,049%); Grau III (2.º Dia) Maria Inês Teixeira/Giraldo da Sernadinha (67,941%) e novamente Pedro Felix com Grijó desta feita no Grau IV com 66,417%.

Resultados completos AQUI

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades