Criação. 15 JUL 2020

«Vibração é uma característica que nos diferencia das outras raças»

Confira o depoimento de Manuel Paim, ex-Presidente da Associação Portuguesa de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (APSL), no âmbito do desafio lançado por Bruno Caseirão com o tema "Cavalo Lusitano: o que preservar, modificar e inovar?".


Tempo de Leitura: 3 Min

Manuel Paim

"Os tempos mudam, a evolução é constante e cada vez mais nos deparamos com novos desafios e novas realidades a que nos temos que adaptar rapidamente para não nos deixarmos ultrapassar.

Isto acontece em todas as áreas e o Cavalo Lusitano não é excepção.

Com a guerra e o toureio, surgiu em Portugal um cavalo único, com características necessárias para vencer, com uma disponibilidade só́ dele e uma forca de vontade inabalável. Um guerreiro leal e franco disposto a ultrapassar obstáculos e permitindo que o seu cavaleiro, quer na guerra quer no toureio, saiba que o tem sempre à disposição.

Pode dizer-se que a grande máxima do Cavalo Lusitano é: «O cavaleiro pensa, o cavalo obedece».

IMG_2655

Surgiram novas disciplinas como o ensino, equitação de trabalho e atrelagem e o nosso cavalo foi procurado para nelas ser integrado.

O sucesso foi cada vez maior e a responsabilidade dos criadores é também cada vez maior para integrar um mercado cada vez mais procurado e mais exigente.

No ensino o nosso sucesso tem sido cada vez maior e a representatividade do Cavalo Lusitano é notória e com uma ascensão notável. Basta ver os resultados dos nossos cavalos em todos os países do mundo para nos apercebermos da importância que eles próprios conquistaram.

O padrão do Cavalo Lusitano está há́ muito definido e é uma base de trabalho importantíssima para todos os criadores.

Não existe razão para que se modifique o padrão, mas todos devemos melhorar andamentos, amplitude, cadência, extensão, suspensão etc.

Melhorar dorsos, garupas, membros, pescoços, mas não perder as características morais tão únicas no Cavalo Lusitano.

Vibração é uma característica dos nossos cavalos que os diferencia das outras raças.

Vibração é o que permite ao cavalo lusitano criar no cavaleiro e no público que o vê um sentimento de admiração que se sente e não se pode quantificar.

Vibração não é excitabilidade nem irritabilidade é sim entusiamo. Com ela os exercícios são mais brilhantes e mais admirados.

Devemos melhorar a capacidade atlética dos nossos cavalos mas sem nunca, mas nunca, deixar que percam a moral, a rapidez de reflexos, a flexibilidade, a disponibilidade, o equilíbrio e a vibração que fizeram do Lusitano um cavalo diferente das outras raças."

Manuel Paim

 

Veja também:

CAVALO LUSITANO: O QUE PRESERVAR, MODIFICAR E INOVAR?, por Bruno Caseirão

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades