Dressage. 10 JUL 2020

Suécia não participa nos campeonatos para juventude na Hungria

A federação sueca não vai enviar cavaleiros para os campeonatos que decorrem de 9 a 31 de Agosto, devido à incerteza gerada com a pandemia.


Tempo de Leitura: 2 Min

Campeonato europeu juventude

De acordo o site Eurodressage, a Federação Equestre Sueca anunciou que não vai enviar cavaleiros nacionais para os Campeonatos da Europa para Juventude, que vão ter lugar em Budapeste, Hungria, entre os dias 9 e 31 de Agosto.

Em comunicado, a federação em causa afirmou que a decisão foi tomada pelo respectivo conselho, tendo em conta o parecer de médicos nacionais, líderes das equipas e empresas de transporte: “Devido à situação inconstante e de incerteza vivida na Europa, acreditamos que não devemos assumir a responsabilidade de expor os nossos cavaleiros, equipas e líderes a um possível contágio”, embora também admita que a Federação Equestre Internacional – FEI envolveu os Campeonatos da Europa para Juventude, na Hungria, sob um rigoroso plano de mitigação e medidas de segurança.

Esta é, de resto, a primeira nação a optar por esta via: “Não sabemos se as rotas aéreas para a Hungria estarão disponíveis, se as fronteiras estarão abertas ou fechadas, se será exigida quarentena a pessoas ou cavalos”, justificou ainda a entidade.

De notar que os cidadãos suecos estão autorizados a viajar para a Hungria sem restrições, já que as fronteiras estão abertas entre esses dois países. Relembre-se ainda que a Suécia, ao contrário da grande maioria dos países europeus, nunca optou por um confinamento absoluto, já que restaurantes, empresas e bares permaneceram abertos e a vida em sociedade seguiu praticamente sem obstáculos.

Os vários escalões dos Campeonatos da Europa para Juventude decorrem entre 9 a 14 de Agosto (Campeonato da Europa de Cavaleiros Children e Juniores), de 17 a 22 de Agosto (Campeonatos da Europa de Jovens cavaleiros e Under 25) e, por fim, de 25 a 30 do mesmo mês (Campeonato da Europa de Póneis).

Tendo em conta as limitações impostas pela pandemia e que têm dificultado a realização de provas internacionais, a FEI decidiu não impor mínimos de qualificação para a participação nos Campeonatos da Europa para Juventude de 2020, ficando assim a cargo das federações nacionais a definição dos mínimos a cumprir pelos conjuntos, para serem selecionáveis.

Consulte os critérios de selecção definidos pela Federação Equestre Portuguesa AQUI.

Foto: FEI/Anwar Esquivel

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades