Saltos. 07 JUL 2020

Michael Pender domina 1.º GP do Vilamoura By Summer

O cavaleiro irlandês ficou em 1.º e 2.º lugar, com cavalos da propriedade de Marion Hughes e Miguel Bravo.


Tempo de Leitura: 3 Min

MichaelPender_HHSCalais_FOTO_MarisaSusano

O irlandês Michael Pender, de 21 anos, cavaleiro que monta para Marion Hughes e os Hughes Horse Stud, que no ano passado esteve em foco ao vencer o prestigiado concurso de Hickstead e o Campeonato do Mundo de Cavalos Novos, foi quem dominou a prova rainha do CSI2* com HHS Calais e foi segundo com HHS Burnchurch, dois castrados de raça Irish Sport Horse, que realizaram um duplo limpo, e barrage num tempo de 34.04 seg. e 35.92 seg., respectivamente.

Apenas outros dois conjuntos limparam no jump-off, ficando em 3.º Santiago Nuñez Riva (ESP) com Valentino de Hus Z (36.24 seg.) e em 4.º o português Duarte Seabra com Twix V Overis Z (37.78seg.).

Foram sete os binómios que concluiram o primeiro percurso sem penalizar nas varas nem em tempo e apuraram-se para o desempate, tendo ainda classificado os portugueses Hugo Carvalho/Vichy du Puits (4 - 36.96 seg.) e Rodrigo Giesteira Almeida /Edgar (8 - 40.78 seg.) e o espanhol Ignacio Astolfi Lopez/Dillan M (11 - 49.32 seg.).

Apresentaram-se a este primeiro GP, realizado na segunda-feira, 55 cavalos e é de salientar que dos 14 lugares classificáveis, seis foram ocupados por conjuntos portugueses (10.º Carolina Oliveira Gonçalves/Atout du Gonge; 11.º Mafalda Costa Marques/Flying Wonder e em 14.º Hugo Tavares/Cicero 117).

O Vilamoura By Summer teve início na passada sexta-feira, dia em que logo na classe de cavalos de 6 e 7 anos, dois portugueses levaram aos lugares cimeiros duas montadas, ficando em 1.º Elegant Gypsy de Lure com João Pedro Gomes e Evasion du Sornin com Martim Portela De Morais.

Nos 5 anos, sem cronómetro, sete cavalos ex-aequo, dois deles com o algarvio Francisco Rocha: Lorde do Belmonte e Pardieu de Muze. João Pedro Gomes também ficou entre os primeiros, desta feita com Diamond.

Na prova grande, dos 4 primeiros lugares, três foram ocupados por cavaleiros lusos com Luís Sabino Gonçalves (capa do mais recente número da Revista Equitação) a fazer escutar o Hino Nacional ao ganhar com Argan de Beliard. Foi 2.º o irlandês Michael Pender/HHS Burnchurch, 3.º Hugo Carvalho/Extraordiner e 4.º Hugo Tavares/Coconder PS.

Continuando a falar de vitórias de portuguesas, no sábado, Luís repetiu a vitória na classe de 1.40m, mas com Biloba des Chaines, ladeado pelos lusos Hugo Tavares/Cicero 117 em 2.º e Duarte Seabra/Twix V Overis Z em 3.º.

Já na classe de 1.10m foi João Patrício o português ganhador com Quattu, o que se viria a repetir esta segunda-feira.

Por fim, no domingo, na classe internacional destinada a cavalos novos, voltaram a ser animais montados por portugueses a dar nas vistas, com o 1.º posto para Divine Florida com Mário Prieto e o 2.º para Indian Gold com Rodrigo Giesteira Almeida.

A 1.10m, nos 11 primeiros postos ficaram nove lusos, com a vitória para Matilde Moniz Maia em Billy du TM.

Para além do CSI2*, decorreram provas nacionais. Todos os resultados podem ser consultados AQUI

 

Foto: Marisa Suzano Fotografia

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades