Corridas. 16 JUN 2020

Royal Ascot: pela primeira vez em 250 anos à porta fechada

A competição, que é um dos eventos favoritos da Rainha Isabel II e da restante família real inglesa, começa hoje e decorre até ao dia 20 de Junho.


Tempo de Leitura: 2 Min

Royal Ascot

São mais de 250 anos de história que este ano é escrita de forma diferente: o Royal Ascot 2020 será feito sem a tão aguardada presença da rainha – que também pela primeira vez no seu reinado de 68 anos não estará presente – e de qualquer público nas bancadas. Pois é, esqueça os pomposos chapéus e as indumentárias elegantes que habitualmente marcam lugar na assistência e também são um dos cartões-de-visita da mais famosa corrida de cavalos do Reino Unido, e que o ano passado contou com a presença de cerca de 70 mil pessoas. Devido à pandemia mundial esta vai ser uma edição à distância, com transmissão online na ITV Racing e televisiva na Sky para mais de 120 países já a partir de hoje – dia 16 de Junho – até ao próximo dia 20.

Porém se quanto à corrida em si tudo permanece igual – à excepção dos jóqueis terem de usar máscara – a “forçada” decisão de realizar o evento à porta fechada obrigou ainda à descida considerável do valor do prémio que este ano se esperava que batesse o recorde de 8 milhões de libras e acabou por ser fixado em 3,6 milhões, devido à falta de receitas dos visitantes.

Para compensar todas estas mudanças, foram organizados eventos virtuais – Royal Ascot at Home – que pretendem aproximar e potenciar a interacção do público.

Já os apostadores foram convidados a usar chapéu e a vestir-se elegantemente em casa no âmbito da iniciativa #StyledWithThanks, que beneficiará quatro instituições de caridade.

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades