Saltos De Obstáculos. 17 FEV 2020

Estados Unidos conquistam pontuação máxima em Wellington

Foram as equipas femininas que estiveram em destaque e disputaram de forma renhida a primeira série da Taça das Nações Longines FEI de Saltos de Obstáculos, com a vitória da equipa anfitriã na competição que teve lugar na Deeridge Farm, em Wellington, no estado da Flórida.


Tempo de Leitura: 2 Min

TEAM USA - Longines FEI Jumping Nations Cup

Foi uma prova plena de emoção e preenchida com um toque feminino muito particular, que, no final das contas, acabou com a equipa americana a conquistar o primeiro lugar do pódio, depois do emocionante duelo frente à Grã-Bretanha. Os lugares seguintes foram ocupados pelo México, que terminou em terceiro lugar,  seguido do Canadá, que conquistou a quarta posição da prova.

Esta foi a primeira etapa da série 2020, onde as equipas americana e britânica se apresentaram com elementos exclusivamente femininos, e a última apenas com três cavaleiras.

Após as duas primeiras rondas em que os dois países tiveram igualmente oito pontos, tudo ficou decidido numa terceira etapa disputada ao cronómetro.

O líder da equipa norte-americana, Robert Ridland, seleccionou para a prova final a dupla de medalhas de ouro olímpica Beezie Madden, que, juntamente com Darry Lou, alcançou os 33,11 segundos, enquanto a britânica Alexandra Thornton e Cornetto K cortaram os visores em 36,34 segundos, dando assim a vitória ao país "da casa".

O feito americano colocou a equipa numa posição confortável para a próxima etapa com lugar no México, a decorrer no mês de Maio, pois fica com a pontuação máxima frente, precisamente, ao México e ao Canadá, que entre as oito as equipas em competição, são os únicos países que procuram  pontos de qualificação, pois apenas dois se qualificarão para a final da Taça das Nações Longines FEI de Saltos de Obstáculos, que decorre em Barcelona no próximo mês de Outubro.

Depois da prova deste fim de semana, as americanas conquistaram 100 pontos - o valor máximo -, enquanto o México somou 80 e o Canadá 60.

Já as equipas Israelita e Irlandesa terminaram em quinto lugar, e a australiana e brasileira, igualmente em sétimo.

Autor:

Marta Clemente

martaclemente@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades