Saltos De Obstáculos. 13 FEV 2020

Rodrigo Giesteira Almeida junta-se ao Team Audi de Eric Berkhof

O cavaleiro Rodrigo Giesteira Almeida irá substituir a holandesa Kim Emmen nos estábulos de Eric Berkhof.


Tempo de Leitura: 2 Min

RA

Após quatro anos, a cooperação entre o cavaleiro português Rodrigo Giesteira Almeida, patrocinado pela LJ Leathers, CWD, SamShield, Back on Track, Trikem, e o comerciante holandês Loewie Joppen chegou ao fim.

“Foi uma proposta de trabalho irrecusável. No novo local para onde vou, irei ter cavalos de Grande Prémio e também vou poder levar três cavalos de três proprietários meus, que estão a fazer Taças do Mundo, assim como Grandes Prémios também”, referiu Rodrigo Giesteira Almeida, acrescentando que o “objectivo é chegar o mais longe possível, vou ter uma boa máquina por trás, quer de investidores quer de qualidade de cavalos”, concluiu.

Os cavalos que Rodrigo Giesteira Almeida levará consigo serão: GB Celine do proprietário Daniel Andrade, Kafka Vd Heffinck de Hubert Harmelinck e Broken Heart da B’stock.

O português irá substituir o lugar da cavaleira holandesa Kim Emmen nos estábulos do representante da Audi, Eric Berkhof, onde assumirá as rédeas dos seus antigos cavalos de Grande Prémio.

Questionado pela EQUITAÇÃO o que significa esta mudança, o cavaleiro considera que é “subir mais um degrau na carreira” que tem vindo a desenvolver. “Estou há 8 anos fora de Portugal e a cada dia que passa tento aprender e evoluir ao máximo. Creio que esta proposta, e o facto de ter sido chamado para um lugar destes demonstra a minha evolução, e que o meu trabalho tem sido feito de uma maneira correcta, cativando cada vez mais pessoas a investirem em mim”, disse o cavaleiro.

Rodrigo Giesteira Almeida fez questão de esclarecer que saiu “com as portas completamente abertas do sítio onde trabalhava. O Loewie Joppen foi uma pessoa que me forneceu todas as ferramentas e oportunidades necessárias para chegar onde cheguei, assim como obter os resultados que obtive.”

O português sublinhou ainda que “não foi uma troca por não nos darmos bem ou pelos resultados não aparecerem, pelo contrário, pois foi pelas minhas prestações que chamaram a atenção de outras pessoas que surgiu esta oportunidade de trabalhar com o Eric Berkhof, que considero que reúne todas as condições para me puder levar até ao topo.”

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades