Raides. 11 FEV 2020

Portugueses no pódio da President Cup nos EAU [ACTUALIZADA]

Os cavaleiros lusos, Miguel Brasão, João Afonso Comenda e Isabel Nogueira, foram os três primeiros classificados no escalão internacional do CEN 160 km President Cup, que se realizou no dia 8 de Fevereiro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.


Tempo de Leitura: 3 Min

isabel nogueira

Foto: Isabel Nogueira

A President Cup reuniu um total de 319 conjuntos e no escalão internacional as vitórias foram nacionais. Miguel Brasão com H-Aramis D’iberica, da criação da Iberica Stables, classificou-se em primeiro neste sector, embora tenha terminado em 143.º na geral num tempo total de 13h90m25s, numa velocidade média de 15,07 km/h.

Seguiu-se em segundo João Afonso Comenda com Guadalupe D’Iberica, também da criação da Iberica Stables, ocupando a 144.ª posição na geral, com 13h90m26s (15,07 km/h).

“Estamos muito contentes porque vieram oito cavalos de Portugal, para representar aqui o país, e ainda o Chile, e sete chegaram ao fim, visto que seis eram meus, é inédito”, comentou Rui Brasão, da Iberica Stables, que acrescentou que os seus “cavalos ficaram à frente de todos, assim como em 2019, onde competiram 36 países, a nível internacional.”

Em terceiro surge Isabel Nogueira e H-Millenium Alfouvar, da criação da Coudelaria Alfouvar Arabians, que depois de se terem classificado em 8.º lugar no Campeonato do Mundo de Cavalos Novos, que se disputou em Pisa (Itália), em Setembro de 2019, receberam um convite privado para disputar a President Cup, onde assumiram o 151.º lugar na geral. A dupla terminou a prova num tempo de 14h11m20s (15,02 km/h).

“O resultado foi bastante positivo, o cavalo surpreendeu-me bastante na reacção, relativamente à mudança de clima e alimentação e após todo o trajecto de reboque até Paris e de avião para Abu Dhabi, adaptou-se muito bem. Na prova, acabou com uma grande facilidade e uma condição física fantástica, senti o cavalo sempre disponível e sem qualquer momento de início de fadiga”, referiu Isabel Nogueira.

Sete segundos depois chegou Nuno Luís Sousa Cabral com Himalaya D’Iberica, da Ibérica Stables, que ficou em 5.º no nível internacional, mas ocupou a 153.ª posição na geral. O conjunto terminou em 14h11m27s (15,02 km/h)

Em 6.º lugar classificou-se João Pedro Pereira Lopes com Faiser, embora tenha sido o 154.º na classificação geral, concluindo com a distância em 14h11m29s (15,02 km/h).

O pódio geral foi assumido pelos cavaleiros da casa. A vitória coube a Layla Al Redha e a Jig Malambo, da Al Wathba Stables (09h83m21s e 26,04 km/h). O segundo lugar foi ocupado por Massa Tonbakji e Abu Cko Persik, também da Al Wathba Stables (09h83m22s e 26,04 km/h).

A completar o pódio esteve Abdulla Ghanim Al Marri e Volkane Feuillee, do F3 Stables (09h86m24s e 26,02 km/h).

Em termos gerais também se bateram recordes. Dos 319 cavalos em prova, terminaram com sucesso 172 (54%).

Pode consultar os resultados completos aqui ou na Yamamah app

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades