Saltos. 30 JAN 2020

Piso novo em Matosinhos

O Centro Hípico do Porto e Matosinhos começou 2020 com um novo piso Ebb Flow na pista exterior, construído pela Celicerca.


Tempo de Leitura: 3 Min

Novo piso CHPM Celicerca

Durante este mês de Janeiro o Centro Hípico do Porto e Matosinhos (CHPM) já realizou dois concursos de Saltos de Obstáculos, ambos disputados no novo piso exterior. Miguel Cruz, da direcção do CHPM, explica que "sendo o clima do norte do país bastante instável e chuvoso, obrigava-nos a cancelar alguns concursos hípicos ao longo do ano, uma vez que o anterior piso do campo de obstáculos se degradava com as chuvas. Não se conseguindo manter as condições ideais para a realização dos mesmos, decidimos que estava na altura de dotar o CHPM e o norte do país com um piso com capacidade para suportar as chuvas e estar o ano todo praticável". Acrescenta que "este nível de investimento do CHPM só foi possível pela conjugação de dois factores: por um lado, termos as instalações do clube totalmente ocupadas e, por outro lado, o apoio conseguido junto do Município de Matosinhos. Assim, conseguimos avançar para esta obra de enorme importância para Matosinhos, quer para as competições que realizamos frequentemente, quer para o dia-a-dia do treino dos nossos cavaleiros".

A escolha do piso Ebb Flow foi "imediata porque se trata de um piso com uma capacidade de drenagem impressionante e que, devido às mangas de geotextil que envolvem as tubagens, impossibilita os entupimentos dos tubos de drenagem/rega que poderiam ser provocados pelas areias de sílica que as envolvem. Outras das vantagens é o facto de ser muito elástico, ou seja, não é muito duro nem demasiado mole. Com este tipo de piso os cavalos fazem as batidas e recepção de forma mais confiante. É um sistema que nos parece de elevada fiabilidade", adianta Miguel Cruz. O piso foi construído pela Celicerca, que "já colaborava com o CHPM na manutenção e arranjo dos pisos existentes, daí ter sido uma opção lógica. Mais a mais porque, para além da capacidade que lhes reconhecemos na construção de excelentes pisos para a equitação, também têm um cuidado muito grande com o pós-venda e acompanhamento de todos os trabalhos realizados. É um parceiro com o qual estamos muito satisfeitos".

Com dois concursos já disputados neste novo piso, Miguel Cruz garante que "as reacções têm sido muito boas, quer dos cavaleiros que nos honraram com a sua presença nestes dois últimos concursos e principalmente dos nossos cavaleiros do clube. Para além de ser um investimento para melhorar as condições desportivas no norte do país e proporcionar mais e melhores concursos hípicos, também tem como grande objectivo proporcionar as melhores condições de treino aos cavaleiros do clube, assegurando infra-estruturas ao nível do que melhor existe por essa Europa fora, continuando a manter Matosinhos no topo do panorama equestre Português".

 

Autor:

Carla Laureano

carlalaureano@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades