Criação. 21 JAN 2020

ACRLA por terras alentejanas

Na passada quinta-feira, 16 de Janeiro, a Associação do Cavalo de Raça Luso-Árabe (ACRLA) realizou, em conjunto com a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), mais uma Admissão de Reprodutores do Cavalo de Raça Luso-Árabe, desta vez por terras alentejanas.


Tempo de Leitura: 1 Min

ACRLA

A Comissão Técnica foi constituída por Pedro Vieira, Chefe de Divisão Identificação, Registo e Movimentação Animal, Recursos Genéticos Animais; Mário Barbosa, Técnico Superior do Gabinete de Recursos Genéticos Animais, ambos representantes da DGAV; por parte da associação representada por Maria Lopes Aleixo, Presidente da Comissão Técnica; e o cavaleiro César Marques.

As admissões foram realizadas nos concelhos de Monforte e Crato, pertencentes ao distrito de Portalegre, nas Coudelarias Romão Tavares, Casa Gouveia, João Augusto Moura e Távora Correia, onde foram aprovados animais de grande qualidade.

Destaca-se a aprovação das éguas Framboesa e Boémia, pertencentes à Coudelaria Romão Tavares, já consagradas na modalidade de “Acoso y Derribo” implementada e bastante desenvolvida em Espanha e praticada também em Portugal.

A ACRLA está sempre disponível para prestar todos os esclarecimentos necessários através do e-mail cavalolusoarabe@gmail.com

 

Notícias relacionadas:

- "A raça Luso-Árabe tem vindo a ganhar cada vez mais notoriedade"

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades