Saltos De Obstáculos. 12 DEZ 2019

Rodrigo Giesteira Almeida no CHI de Genebra

A 59.ª edição do CHIG (Concurso Hípico Internacional de Genebra), na Suíça, começa hoje e decorre até dia 15 de Dezembro. A representar Portugal vai estar Rodrigo Giesteira Almeida.


Tempo de Leitura: 3 Min

chi genebra 1

Para esta competição indoor, que é uma das mais importantes do mundo equestre, o português vai levar consigo Broken Heart, Gaga E D' Augustijn e GB Celine.

No domingo (15 Dezembro), às 14h30 locais, irá disputar-se o último Major do ano, no Grande Prémio Rolex do CHIG, que faz parte do Rolex Grand Slam de Saltos de Obstáculos. Os conjuntos vão enfrentar um percurso desenhado pelos chefes de pista de renome mundial, o suíço Gérard Lachat e o holandês Louis Konickx, no centro de exposições Palexpo.

O Rolex Grand Slam é sem dúvida o prémio mais cobiçado na disciplina de Saltos, que é concedido ao cavaleiro que vence três Grandes Prémios consecutivos. O único cavaleiro que conseguiu o feito até ao momento foi o britânico Scott Brash, começando com a vitória no CHIG em 2014, seguindo-se a de CHIO Aachen (Alemanha) e no CSIO Spruce Meadows 'Masters' (Canadá), ambas em 2015.

Melhores do mundo marcam presença em Genebra

Os suíços, Steve Guerdat número 1 do ranking munidal e Martin Fuchs, número 2, já estão confirmados nesta competição, sendo que vão competir em casa. Recorde-se que Steve Guerdat já tem na sua lista de vitórias o Grande Prémio CHIG Rolex de 2006, 2013 e 2015.

A estes cavaleiros vai juntar-se o canadiano Eric Lamaze, numa tentativa de repetir a sua vitória de 2008 e o americano Kent Farrington, vencedor do Grande Prémio Rolex no CHIO Aachen de 2019 e no CHIG em 2017.

Assim como, Scott Brash, o francês Kevin Staut, vencedor do Grande Prémio Rolex no CHIG em 2010, o britânico Harry Charles, o holandês Jeroen Dubbeldam, ex-campeão mundial e europeu, e o brasileiro Rodrigo Pessoa, que venceu o Grande Prémio Rolex no CHIG em 1993, 2000, 2002 e 2004.

Final IJRC Top 10

No dia 13 de Dezembro vai realizar-se o Rolex International Jumping Riders Club (IJRC), que consiste numa competição apenas com os conjuntos do top 10. Ou seja, este conceito, apoiado pela Rolex, é um evento único que decorre desde 2001, reconhece as conquistas dos melhores conjuntos ao longo da temporada e convida os 10 melhores a competirem entre si. Steve Guerdat foi o vencedor do ano passado, conseguindo a vitória na sela de Alamo.

“Estamos muito orgulhosos por realizarmos o nosso evento no CHI Genebra, pela 15.ª vez. Esta final é semelhante às finais do ATP no ténis (que envolve os oito jogadores melhor classificados no ranking mundial). É um privilégio estar associado à Rolex, uma marca que demonstra continuamente o seu compromisso com o hipismo, fornecendo suporte fundamental e desenvolvendo o seu sucesso de longa data ”, comentou Eleonora Ottavian, Directora do IJRC.

 

Lista completa dos cavaleiros aqui

Mais informações aqui

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades