Formação. 08 JAN 2020

Bem-estar do cavalo em debate

Este será um dos temas abordados na XII edição das Jornadas Hospital Veterinário Muralha de Évora, que decorre a 6 e 7 de Março, no Évora Hotel.


Tempo de Leitura: 4 Min

JHVME

Há mais de uma década que a cidade de Évora acolhe anualmente um congresso dedicado à produção pecuária de ruminantes. Este certame, que é já considerado uma referência nacional, reúne várias centenas de produtores pecuários, técnicos, investigadores e profissionais de saúde animal, com um objectivo principal: ajudar e incentivar os produtores pecuários a produzir de forma cada vez mais eficaz e sustentável.

Numa época de emergência climática, a comunidade científica afirma que temos de mudar radicalmente os nossos sistemas alimentares para conseguir nutrir uma população global em crescimento. No entanto, têm sido realizadas ligações desproporcionais entre a produção de carne e as emissões de gases que provocam efeito de estufa, sobretudo no que diz respeito às explorações agropecuárias em regime de extensivo. Este regime de produção tem vários benefícios ambientais como por exemplo o controle da biomassa e a consequente prevenção de incêndios florestais. O papel deste tipo de produção na manutenção dos ecossistemas, no ciclo do carbono e na alimentação estarão em debate, no dia 6 de Março, contando com a presença de representantes de Associações Ambientalistas, de Associações de Agricultores, do Ministério da Agricultura, da comunidade científica e de profissionais de saúde humana e nutrição.

O 1º dia de Jornadas conta com três salas a funcionar em simultâneo: Sala de Ruminantes, Sala de Equinos e Sala de Comunicações Orais. Na sala de Ruminantes a sustentabilidade será discutida nas suas várias vertentes: Produtividade, Biossegurança, Tecnologia e Estratégia. Apostou-se num modelo de comunicações curtas para abordar assuntos como a prevenção, bem-estar animal, certificação, avanços tecnológicos, estratégias de comunicação, resistência aos antibióticos, biodiversidade e protecção dos ecossistemas, entre outros assuntos.

Na sala de equinos estará em destaque o bem-estar nas suas várias vertentes: transporte, maneio, alimentação, cuidados geriátricos, entre outros. Serão também abordadas técnicas de reabilitação e fisioterapia equina, estando prevista a realização de um workshop em laserterapia.

O 2º dia de Jornadas será dedicado a temas mais específicos, onde decorrerão perto de uma dezena de workshops.

As duas grandes novidades em 2020 serão:

- um seminário dedicado exclusivamente aos pequenos ruminantes – “Inovar na Tradição” com temas relacionados com a produção de carne, leite e lã, melhoramento genético, programas sanitários e biossegurança;

- um workshop de animais de companhia, subordinado ao tema - Antibioterapia: Estratégias actuais e futuras, que visa apresentar dados sobre as resistências aos antibióticos integrados num conceito “Uma só saúde”, bem com estratégias de actuação e referenciais para o uso de antibióticos.

Nesta edição são esperados cerca de 700 congressistas para assistir às dezenas de conferências e workshops que serão realizados.

O congresso conta com uma vertente científica, contando com a presença de cerca de 30 oradores nacionais e internacionais de renome e a realização de um concurso de pósteres que visa premiar o que de melhor é feito em investigação pecuária em Portugal.

Aliada à componente técnico-científica e comercial o evento tem também uma forte componente social para todos os participantes, onde se inclui uma prova de produtos regionais seguida do Jantar de Gala. Estas Jornadas envolvem um ambiente único, onde numa cidade cheia de história se “junta gente” de todo o país e além-fronteiras.

As inscrições para o evento estão disponíveis em www.hvetmuralha.pt

PR

 

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades