Saltos De Obstáculos. 25 NOV 2019

Ben Maher e Explosion W fazem história em Praga

Ben Maher, na sela de Explosion W, voltou a ganhar, mas desta vez em Praga, onde decorreram os Playoffs do Global Champions. Também a equipa Shangai Swans entrou para a história ao vencer a Super Taça.


Tempo de Leitura: 3 Min

Ben Maher e Explosion - LGCT - Stefano Grasso

Além de já ter revalidado o título de Campeão do LGCT (Longines Global Champions Tour), na final que decorreu em Setembro, em Nova Iorque, Ben Maher com Explosion W voltou a fazer história, ao acabar a temporada de 2019 do Global Champions com a vitória de Super Grande Prémio, nos Playoffs de Praga, na República Checa.

Na prova rainha participaram 18 conjuntos, aqueles que venceram os Grandes Prémios de cada uma das etapas anteriores. Dezasseis deles foram a desempate. O último binómio a entrar na pista do Super Grande Prémio, que se realizou no sábado (23 Novembro) foi Ben Maher/Explosion W.

Quando a dupla terminou a prova sem uma única falha, a lotada Arena O2, onde se realizou a competição, explodiu de felicidade quando percebeu que a dupla britânica tinha acabado de selar a vitória e conquistar mais um título.

O conjunto vencedor foi o único a terminar com um percurso limpo em 68s96’’. Ben Maher descreveu o seu cavalo com apenas uma palavra “mágico” e reforçou que “é uma sensação incrível ter vencido com ele (Explosion W). Nenhuma palavra pode explicar o que ele fez nos últimos dois anos e como aprendeu. Provou esta noite o quanto ele é bom.”

O britânico acabou por terminar a competição com um hat-trick de títulos (GP Roma, Nova Iorque e Praga).

Em segundo lugar terminou o irlandês Darragh Kenny, que competiu com Balou du Reventon, com dois pontos e 72s37’’. A completar o pódio esteve o número 2 do mundo, Martin Fuchs, com Clooney 51. O suíço apesar de ter sido o mais rápido (63s13’’) somou quatro pontos até ao final do percurso.

Super Taça GCL

Entre as seis equipas, que participaram na Super Taça GCL (Global Champions League), foram os Shangai Swans que ergueram o troféu bem alto. A equipa foi composta pelo alemão Daniel Deusser/Jasmien vd Bisschop, pelo sueco Peder Fredricson/H&M Christian K e pelo suíço Pius Schwizer/Cortney Cox.

pódio - GCL - Stefano Grasso

“Eu não acreditei, havia muita pressão. Foi uma competição muito emocionante com os melhores cavalos e cavaleiros e grandes percursos. Foi um trabalho árduo, mas finalmente estamos no local que queríamos ”, afirmou Peder Fredricson sobre a competição.

Já em segundo ficou o Monaco Aces, que foi formado pela americana Laura Kraut/Confu, pelo Belga Jos Verlloy/Igor e o francês Julien Epaillard/Queeletta.

Em terceiro classificou-se a equipa Madrid in Motion, constituída pelo espanhol Eduardo Álvarez Aznar/Rokfeller de Pleville Bois Margot, o holnadês Maikel van der Vleuten/Dana Blue e o irlandês Mark McAuley/Vilvaldi du Theil.

 

Fotos: Stefano Grasso

Resultados completos LGCT e GCL

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades