Raides. 19 NOV 2019

Futuro dos Raides em debate

Na Assembleia Geral da Federação Equestre Internacional, que está a decorrer em Moscovo, Rússia, o debate ontem centrou-se nas revisões propostas para a disciplina de Raides.


Tempo de Leitura: 1 Min

Endurance session GA 2019_Liz Gregg - attached

O vice presidente da FEI Mark Samuel, que serviu de ligação entre o Conselho da FEI e o Comité Temporário de Endurance (ETC), encarregue de fazer uma revisão completa no Regulamento da disciplina, foi o moderador da sessão que decorreu ontem. "Agora é hora de agir, o nosso parceiro, o cavalo, está a contar connosco", afirmou.

Juntamente com o feedback recolhido no processo de consulta, houve mais contribuições vindas das Federações Nacionais e, nesse sentido, o ETC fez revisões adicionais às propostas já existentes para alterar o Regulamento, que serão votadas hoje, na Assembleia Geral.

"O bem estar do cavalo é a nossa principal prioridade: não é a competição ou interesses comerciais, nem conveniência administrativa. Cada um de nós está vinculado ao Código de Conduta para os bem-estar do cavalo, onde é exigido que respeitemos o cavalo durante e após a competição, acima de tudo", disse Sarah Coombs, presidente do Comité.

Entre os temas que estiveram ontem em debate esteve o peso mínimo do atleta, qualificações, distâncias, rotação dos oficiais, troca de treinadores e a data de implementação caso as alterações sejam aprovadas.

Foto: FEI/Liz Gregg

Autor:

Carla Laureano

carlalaureano@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades