Eventos. 05 NOV 2019

Escolas de Saumur, Jerez e Portugal juntas em espectáculo

O Campo Pequeno recebe, a 17 de Novembro, às 18h, a Gala especial evocativa dos 40 anos da Escola Portuguesa de Arte Equestre, que vai contar com a participação da Real Escuela Andaluza Del Arte Ecuestre, de Jerez, Espanha, o Cadre noir, de Saumur, França e a Escola Portuguesa de Arte Equestre.


Tempo de Leitura: 4 Min

EPAE

Designado como espectáculo cultural, fruto de uma iniciativa da Parques de Sintra – Monte da Lua, a entidade gestora da Escola Portuguesa de Arte Equestre (EPAE), a Gala comemorativa irá reunir as três escolas de prestígio mundial com o objectivo de divulgar a secular Arte Equestre.

A Gala irá aliar as diversas formas de equitação que espelham a diversidade da Arte Equestre Portuguesa, Francesa e Espanhola, sendo também uma forma de recriar a evolução da Equitação tradicional da cariz lúdico-cultural.

Com um programa especificamente preparado para reforçar a espectacularidade do evento e no qual para além dos diversos números equestres, a música e coreografia assumem lugar de relevo, as Escolas irão apresentar números próprios, mas também quadros executados em conjunto pelos cavaleiros das três Escolas.

Uma Gala destinada a público de todas as idades, num programa que alia a Alta Escola Equestre à cultura e à tradição, no pleno respeito pelo cavalo.

Jerez

Real Escuela Andaluza Del Arte Equestre

 

De recordar que ao longo deste ano em que assinala o seu 40.º aniversário, a EPAE, para além das presenças no estrangeiro e em vários pontos do país, apresentou todos os meses Galas temáticas, sempre diferentes, que contaram com a presença de diversos convidados, nacionais e internacionais, e que evocaram o Cavalo Lusitano de Alter Real, a música clássica portuguesa, o fado, a Equitação de Trabalho, bem como as homenagens aos antigos cavaleiros da EPAE e do seu antigo director – Filipe Graciosa – , e a Luís Valença, ex-cavaleiro da EPAE e responsável pelo Centro Equestre da Lezíria Grande.

Durante 2019 a EPAE irá totalizar 44 apresentações públicas, para além das “Manhãs da Arte Equestre” que decorrem todas as semanas de terça-feira a sábado, entre as 10h e as 13h no Picadeiro Henrique Calado.

Cadre noir

Cadre noir (crédito: Alain Laurioux)

 

Com um orçamento da ordem de 1,3 milhões de euros, a EPAE dispõe neste momento de 62 cavalos Alter Real, dos quais 30 entram permanentemente em espectáculo, 16 cavaleiros, entre os quais duas mulheres, e 15 tratadores. Este ano irão assistir a eventos com a participação da EPAE mais de 20 mil pessoas.

Destaque para a actuação  na Gala comemorativa do 40.º aniversário, de entre outros equitadores de renomado prestígio mundial e medalhados em inúmeras competições equestres na disciplina de Dressage, incluindo Jogos Olímpicos, para a participação de João Pedro Rodrigues, Picador-Chefe da EPAE, de Patrick Teisserenc, Écuyer en Chef do Cadre noir, e Rafael Soto, coordenador de exibições da Real Escuela Andaluza del Arte Ecuestre.

Os bilhetes estão à venda em Ticketline ou nas bilheteiras do Campo Pequeno.

 

Cartaz Gala 40 Anos A4 - Digital-01

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades