Breves. 27 AGO 2019

Associação Portuguesa de Ferradores já tomou posse

A cerimónia decorreu no passado dia 20 de Agosto, durante a Feira de São Bernardo em Alcobaça.


Tempo de Leitura: 4 Min

Associação ferradores 02 - foto Fernando Jose

A Associação Portuguesa de Ferradores (APF) surgiu da vontade de um conjunto de ferradores de criar uma "organização" que os representasse. 

No passado, já tinha havido “algumas tentativas frustadas, mas desta vez, um grupo mais restrito, mas extremamente motivado, decidiu avançar com firmeza para a criação da APF” explicou à EQUITAÇÃO Nuno Bernardes. 

Após algumas reuniões preparatórias a APF foi formalmente constituída a 26 de Abril de 2019 com escritura pública e publicação dos seus estatutos.

A 20 de Agosto, e a convite da Organização do Alcobaça Equestre para uma demonstração e exibição de forja e ferração de cavalos, foi também realizada a tomada de posse dos corpos sociais da APF, com a presença do Director-Geral de Alimentação e Veterinária.

 

Associação ferradores 01 - foto Fernando Jose

Os corpos sociais da APF são os seguintes:

- Presidente da Direcção - Carlos Luís

- Secretário - José Pedro Filipe

- Tesoureiro - Nuno Bernardes

- Presidente da Mesa da AG - Jorge Brandão

- 1º Secretário da Mesa da AG - Paulo Vieira

- 2º Secretário da Mesa da AG -  Vasco Fernandes

- Presidente do Conselho

- Fiscal - Gonçalo Cordeiro

- Relator - Manuel Ferreira

- Vogal - Bruno Brazão

 

Em baixo, confira o artigo mais importantes dos estatutos, que traduz o porquê da criação desta associação:

Artigo 2.º

Fim

1.    A associação tem como fim a defesa e a promoção do estatuto profissional do Ferrador, bem como a protecção e salvaguarda da tradição deste ofício e a sua evolução prática, científica e cultural.

 

2.    Para atingir os seus fins, a APF propõe-se:

a.   Representar, defender e promover os interesses profissionais, económicos, sociais e culturais dos seus associados e desenvolver um elevado nível de formação profissional dos mesmos.

b.   Estabelecer os necessários contactos, junto das entidades competentes, com vista à promoção do reconhecimento legal da profissão de Ferrador.

c.   Colaborar com organismos (nacionais e internacionais), com grupos ou outras associações profissionais de Ferradores, podendo neles filiar-se, sempre para a defesa dos interesses morais, intelectuais, culturais, científicos e materiais da profissão.

d.   Promover conferências, congressos, seminários, estágios e outras acções de formação e encontros que possibilitem a valorização dos seus associados.

e.   Promover a divulgação da profissão de Ferrador, organizando, ou participando em feiras, concursos, exposições, colóquios, congressos, jornadas e outras iniciativas de interesse para o sector e para a própria APF.

f.     Promover a solidariedade activa entre os ferradores associados, criando serviços de interesse comum aos mesmos.

g.   Promover o apoio solidário junto de instituições e causas que promovam e defendam o bem-estar animal dos equídeos no âmbito das competências da PF e dos seus associados.

Associação ferradores 03

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades