Raides. 05 JUL 2019

Laetitia Gonçalves na Gobi Desert Cup

A prova realiza-se na Mongólia, de 27 de Agosto a 6 de Setembro.


Tempo de Leitura: 2 Min

Laetitia Gonçalves

São 480 Km, a percorrer durante seis dias, com troca de cavalos diária. É este o desafio que terão pela frente os concorrentes, ente eles, Laetitia Gonçalves, cavaleira francesa de resistência equestre, que reside em Elvas há dois anos.

Com origens familiares portuguesas, Laetitia escolheu o nosso país para se estabelecer. Adquiriu uma pequena quinta em Santa Teresinha, na Calçadinha, onde criou um centro de preparação de cavalos de competição.

Esta jovem cavaleira de elite representou a França em alguns Campeonatos do Mundo FEI, tendo mesmo já conquistado uma medalha de ouro por equipas e uma de bronze individual (confira em baixo os destaques desportivos do seu CV). Aos 30 anos, foi convidada a participar na Gobi Desert Cup e não hesitou em aceitar.

gobi desert

"Foi-me apresentado um projecto que se realiza na Mongólia, que me tocou um pouco no coração" afirmou à EQUITAÇÃO a cavaleira.

"A competição consiste numa prova de resistência com seis cavalos diferentes, em que se percorrem 80km por dia, ao longo de seis dias. Mas a parte mais interessante desta prova é que 70% dos fundos angariados vão directamente para as crianças necessitadas que vivem muito longe das escolas e que, por isso, estão impossibilitadas de estudar. Os restantes 30% destinam-se à construção de um hospital para cavalos na Mongólia".

Durante seis dia os participantes vão viver como "verdadeiros habitantes nómadas da Mongólia, dormindo em tendas e comendo os alimentos daquela região", explica Laetitia Gonçalves.

A francesa é uma das 24 participantes neste desafio que atrai cavaleiros de todo o mundo.

Foto de topo: Miroslava Vidová

Destaques do currículo desportivo de Laetitia Gonçalves:

 

2009

- Medalha de ouro por equipas e a de bronze individual no Campeonato do Mundo, na Hungria

 

2015

- Terminou o ano no 12.º lugar do ranking mundial FEI (entre 3.367 cavaleiros)

- 14/05 - Campeã de França de Seniores (CEI3* 160 Kms de Argentan)

- 16/10 - 2.º lugar no CEIO3* 160 Kms de Fontainbleau

- 18/4 - 2.º lugar no CEI 160 Kms de Labastide-Murat

- 27/3 - 5.º lugar no CEI 160 Kms de Fontainbleau

 

2016

- Terminou o ano no 9.º lugar do ranking mundial FEI (entre3.396 cavaleiros)

- 15/7 - Campeã de França de Seniores (CEI3* 160 Kms de Argentan)

- 16/9 - Medalha de prata por equipas e 16.º lugar individual no Campeonato do Mundo FEI, em Samorin (Eslováquia)

- 23/9 - 8.º lugar no Campeonato do Mundo de Cavalos Novos de Negrepelisse

 

2017

- 26/5 - 1.º lugar no CEI 1* 80 Kms de Castelsagrat, com Mujeer

- 9/7 - 1.º lugar no CEI 1* 80 Kms de Barre de Cévennes, com Akima des Ayssades

- 23/7 - 1.º lugar no CEI 1* 80 Kms de Mouzieys, com Mujeet

- 17/8 - 6.º lugar no Campeonato da Europa FEI, em Bruxelas (Bélgica), entre 68

concorrentes

- 13/5 - 7.º lugar no CEI 2* 120 Kms, em Ermelho (Holanda), entre 38 concorrentes

- Participou em duas provas CEI3* 160 Kms no Dubai (62.º) e em Abu Dhabi (14.º)

 

2018

- 6/1 - 107.º lugar no CEI3* 160 Kms do Dubai , entre 360 concorrentes

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades