Produto. 28 JUN 2019

Danielle G. Waldman inspira modelo da âme moi

A imagem única e bastante original da cavaleira serviu de inspiração a uma mala de detalhe exclusivo, cujas receitas das vendas reverterão para a Equus Foundation.


Tempo de Leitura: 2 Min

ame moi - Danielle G. Waldman (4)

Paredes meias com a histórica cidade do Porto, absorvendo a influência dos ancestrais segredos da bela região de Entre-o-Douro e Minho, encontra-se a âme moi, marca de malas de senhora e acessórios de luxo.

Cedo, a âme moi criou e desenvolveu uma identidade fortemente inspirada pelo mundo equestre, alicerçada no intenso fascínio pelos cavalos que se reflecte no seu adn, seja nos pendentes de crina natural, seja nos forros desde o primeiro dia vermelhos numa alusão directa à paixão do puro sangue equino.

Neste sentido a âme moi concebeu, em paralelo, o projecto  mon âme, um projecto de filantropia para o qual convidou a extraordinária cavaleira israelita Danielle G. Waldman (Danielle Goldstein), embaixadora cuja imagem única e bastante original serviu de inspiração a uma mala de detalhe exclusivo, cujas receitas das vendas reverterão integralmente para a Equus Foundation, uma entidade americana de salvaguarda dos cavalos que se dedica a assegurar o bem estar destes animais estreitando laços e inspirando a sua protecção.

Assim, e aproveitando a realização de uma etapa da prova de saltos de obstáculos de importância mundial, a tão célebre Global Champions Tour em Portugal, mais concretamente no Estoril/Cascais - uma das etapas favoritas da cavaleira, que inclusivamente venceu o Grand Prix desta prova em 2017 - a âme moi apresentou este seu projecto no Grande Real Villa Itália Hotel no dia 21 de Junho com a presença da cavaleira.

A alma indispensável à maestria da criação, alia-se assim à alma fundamental à maestria da monte, e são uma só.

P.R.

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades