Actualidade. 05 JUN 2019

Equitação especial na Escola Superior Agrária de Santarém

Realizou-se a 28 de Maio, nas instalações da Escola de Equitação Henrique Soares Cruz na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Santarém, o XVI Concurso de Eq. Especial organizado pela ESAS em parceria com a Ass. Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental de Santarém.


Tempo de Leitura: 3 Min

Concurso de Equitação Especial organizado pela ESAS  (9)

Estiveram presentes 31 participantes, alguns integrados em várias instituições como o Centro de Recuperação Infantil de Almeirim, o Centro Infantil de Recuperação de Tomar, o Centro Infantil de Recuperação de Benavente e a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental (APPACDM) de Santarém e de Setúbal. Aderiram também a este evento os Agrupamentos de Escolas Ginestal Machado e Liceu Sá da Bandeira, a EB1 de São Domingos e a EB2/3 Alexandre Herculano, todas elas inseridas na cidade de Santarém.

Do concurso faziam parte duas provas, a Prova A para cavaleiros que praticam Hipoterapia (numa gincana de obstáculos e exercícios conduzidos à mão) e a Prova B destinada a praticantes de Equitação Terapêutica. Estes últimos executaram exercícios a passo, a trote e a galope, pois possuem autonomia que lhes permite a condução independente do cavalo. No primeiro caso, da Prova A, os participantes executaram o percurso com o cavalo a passo, conduzido por um auxiliar e acompanhado de um técnico, realizando alguns exercícios de ginástica a cavalo, utilizando vários objectos como arcos e bolas de diferentes cores, transpondo alguns obstáculos em estilo de gincana.

O cavalo constitui o elemento fundamental desta equipa, pois tem uma função terapêutica a nível cognitivo, comportamental, comunicacional, social e emocional. O seu movimento tridimensional estimula músculos, articulações e a circulação sanguínea.

Os cavalos que participaram neste concurso são garanhões da raça Sorraia, criados pela Coudelaria Nacional e cedidos à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Santarém (ESAS) através de um protocolo com a Companhia das Lezírias. O Ziano, com 15 anos de idade, foi utilizado com os concorrentes para a prática de Hipoterapia na Prova A e o Zoado, da mesma idade, para a Prova B de Equitação Terapêutica. Apesar de serem utilizados como reprodutores na beneficiação das éguas Sorraia propriedade da ESAS, são animais que reúnem todas as características que se pretendem nesta área da equitação especial, tais como o temperamento e a qualidade dos seus andamentos.

Para a entrega dos diplomas e medalhas contámos com a presença do Presidente da Direcção da APPACDM de Santarém, Senhor Luís Amaral, e do Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Dr. Ricardo Gonçalves. Gratificante vera alegria e a felicidade estampadas no rosto de todos os presentes!

Por Paula Azevedo, Nuno Marques e António Vicente

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades