Saltos. 08 ABR 2019

Já lá vão três

Steve Guerdat, n.º 1 do Ranking Mundial, conquistou pela 3.ª vez na sua carreira o título de campeão da Taça do Mundo.


Tempo de Leitura: 2 Min

Pódio Taça do Mundo 2019

A final da Taça do Mundo disputou-se em três provas, com a 1.ª a ter lugar na quinta-feira. Steve Guerdat, que competiu com Alamo, assegurou aí a vitória, assumindo a liderança da classificação.

Na 2.ª eliminatória, disputada na sexta-feira, um toque fez com que o conjunto suíço terminasse em 13.º, numa prova ganha pelo sueco Peder Fredricson, em Catch Me Not S.

À ida para 3.ª e última qualificativa, que decorreu ontem, Steve Guerdat ocupava a 3.ª posição na classificação, a dois pontos do líder Eduardo Alvarez Aznar. Nesta última prova o espanhol fez dois derrubes, enquanto Peder Fredricson cometeu uma falta. O suíço fez dois percursos limpos e, embora o vencedor da prova tenha sido o alemão Daniel Deusser, em Scuderia 1918 Tobago Z, foi o líder do ranking mundial que assegurou a liderança da classificação geral.

Com este resultado, Steve Guerdat junta-se ao clube dos que já levantaram a Taça do Mundo três vezes, onde estão incluídos os alemães Meredith Michaels-Beerbaum e Marcus Ehning,  brasileiro Rodrigo Pessoa e o austríaco Hugo Simon.

"Quando era jovem costumava sonhar com a vitória na Taça do Mundo e quando fiquei em 2.º por duas vezes, pensei que nunca iria acontecer. Por isso, quando venci em 2015 foi muito especial e vencer aqui em Gotemburgo no ano seguinte foi ainda melhor, porque este é um evento fantástico. Vencer três vezes, e fazê-lo novamente aqui em Gotemburgo, deixa-me muito orgulhoso!".

Ao 2.º lugar do pódio subiu o compatriota Martin Fuchs, que foi à pista com Clooney 51, seguido de Peder Fredricson, em Catch Me Not S.

Foto: FEI/Liz Greg

 

Resultados completos AQUI.

Autor:

Carla Laureano

carlalaureano@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades