Saltos. 20 FEV 2019

Oficiais lusos cada vez mais internacionais

Com diversos circuitos de saltos a decorrer na vizinha Espanha, não é só dentro de pista que se encontram portugueses.


Tempo de Leitura: 3 Min

52051025_755616618153288_1218922683656306688_n

O Sunshine Tour, em Vejer de La Frontera, comemora o 25.º aniversário e muitos são os juízes, comissários, course designers, que têm passado pelo Centro Hípico de Dehesa Montenmedio. As infra estrutrutas continuam a melhorar (e a aumentar) de ano para ano, atraindo cavaleiros de todo o mundo, numa verdadeira cidade equestre de treino e comércio de cavalos.

O circuito conta, em 2019, com seis semanas de provas entre 13 de Fevereiro e 24 de Março. No programa aprovado pela FEI, não faltam nomes nacionais:

Painel de Juízes de Terreno - Francisco Captivo, Manuel Carvalho Martins, Teresa Martins, Ana Maria Jordão

Juízes Internacionais - Teresa Martins, Francisco Capitvo

Stewards - Cristina Miranda Alvés, Dinário Seromenho, Armando Rebelo

Metade da duração do Sunshine Tour tem o CES Valencia Spring Tour, de 5 a 24 de Fevereiro. Na segunda e terceira semanas, Ana Maria Jordão está nomeada como membro do júri de terreno. Recorde-se que ainda recentemente, a juíza de nível 3, esteve também em concursos nos EAU, à semelhança de Dinário Seromenho.

Já pelo Mediterranean Equestrian Tour (MET), em Oliva Nova, passaram em Janeiro Maria Teresa Pires, como membro do Júri de Terreno e a Steward Patrícia Passos que, por estes dias, se encontra no Sevilla Horse Tour - SHOT, a desempenhar as mesmas funções.

52669947_954851978040866_3705216849730863104_n

"Este novo circuito tem muito potencial, está muito bem concebido e é muito cómodo para os cavaleiros e tratadores" descreveu Patrícia Passos à EQUITAÇÃO, destacando como mais-valias do circuito recém criado "a proximidade com Sevilha e aeroporto, as 200 boxes permanentes, o tamanho e os caminhos amplos da Finca La Jineta ( onde está localizado o SHOT) que permite que dentro da propriedade os atletas tenham muito espaço para passear com os cavalos e, por último, mas o mais importante, as excelentes pistas Ebb and Flow by Klaus Damman e a pista de relva que vai estar pronta a estrear em Outubro."

Interrogada sobre a importância destes circuitos para a carreira, a algarvia não esconde que "para mim é importantíssimo fazer parte da equipa de comissários destes circuitos. Embora tenha começado em Vilamoura, foi quando comecei a fazer tours em Espanha que a minha carreira evoluiu, Mijas, agora SHOT e em Oliva o MET dos quais muito me orgulho de fazer parte assiduamente da equipa."

Com tantos circuitos a decorrer em simultâneo, Patrícia considera que, ainda assim, "todas as Tours são diferentes e das cinco existentes na Península Ibérica, tendo trabalhado em quatro delas posso afirmar que cada uma tem pontos atractivos e únicos entre elas, o futuro passa pela rotação de cavaleiros, como já se vem a registar."

Em Sevilha, por Portugal, estão desde o início, os cavaleiros Mário Wilson Fernandes (na foto de cima, a cavalo, ao lado da Steward) e Márcio Guedes Pinto, a quem se juntaram, nos últimos dias, Bruno Pereirinha e Carlota Tomás Pires.

Em Março e Abril Patrícia Passos regressa às pistas do MET - onde terá como companhia o compatriota Dinário Seromenho - e embora não esconda as saudades da família, em particular da filha, "são temporadas e no final de contas compensa muito a todos os níveis. O longe faz-se perto, basta querer!"

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades