Eventos. 20 FEV 2019

Crescimento na Ásia tem de ser gerido

Durante a Asia Horse Week realizaram-se várias palestras, onde se abordaram temas como a criação, o bem-estar animal, desporto ou ensino do cavalo.


Tempo de Leitura: 1 Min

Alex Hua Tian - Asia Horse Week

O bem-estar animal foi o tema mais dominante nestas palestras, com Sabina Ibáñez, secretária-geral de Federação Equestre Internacional (FEI), a descrever a Ásia como uma região equestre muito movimentada, mas também deixou o aviso que deve ser bem gerida. Ibáñez confirmou também o forte compromisso da FEI em auxiliar a gestão deste enorme crescimento e em assegurar que a indústria na região seja guiada de forma profissional e ética, especialmente em áreas como o bem-estar e a integridade.

Outro dos temas abordados foi a dificuldade que a Ásia enfrenta em transportar cavalos para competições de alto nível. Alex Hua Tian, facilitador da Asia Horse Week, afirmou que "a forma como estamos a construir centros equestres nesta região é fantástica. Agora temos grandes concursos na China, em Hong Kong e no sudeste Asiático. É um momento importante para a nossa região mas o mais desafio para o crescimento do desporto de alta competição é o transporte. Estes são os desafios e são estas perguntas que têm de ser feitas enquanto estamos todos aqui reunidos. Há um claro reconhecimento que representamos futuro do crescimento equestre e temos de fazer as coisas da forma correcta, não só por nós, aqui, mas pelo desporto a equestre a nível global".

Na sessão de encerramento, o presidente da FEI, Ingmar De Vos, realçou que "aprendemos muito durante estes dias. Tivemos oportunidade de conhecer melhor a cultura asiática e a longa história do cavalo na Ásia e na China".

Fotos: EEM

Autor:

Carla Laureano

carlalaureano@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades