Saltos. 31 JAN 2019

Estrelas alinhadas para o Longines Masters

Saiba quem vai marcar presença na 7.ª edição do concurso que decorre duranta a Asia Horse Week.


Tempo de Leitura: 4 Min

EdwinaTopsAlexander_JRodriguesforEEM

Em Hong Kong, Edwina Tops-Alexander vai estar perto da sua terra natal. Será que a proximidade da Austrália a vai inspirar para uma segunda vitória consecutiva na 4.ª temporada dos Longines Masters? A cavaleira certamente deseja fazer história no Grand Slam indoor de Saltos de Obstáculos, mas a tarefa não será fácil porque a AsiaWorld-Expo irá receber um excepcional alinhamento de cavaleiros este ano!

A australiana não será a única ex-vencedora dos 20 Grandes Prémios Longines disputados durante o Masters desde 2010: o campeão olímpico Kevin Staut (2013 em Paris, onde também venceu o Longines Speed ​​Challenge em Dezembro) e o Vice-Campeão Mundial de 2014 Patrice Delaveau (três vitórias, incluindo duas em Hong Kong, sendo o actual detentor do título) voltam a esta etapa asiática com fortes ambições. De facto, Hong Kong é quase um "jardim privado" para Patrice Delaveau, que venceu em 2013 quatro dos cinco eventos em que competiu, ficando em 2.º no quinto e sendo o único cavaleiro a ganhar o Grande Prémio Longines duas vezes na mesma época, uma conquista rara na história deste desporto.

Terceiro em Paris, o irlandês Denis Lynch estará em Hong Kong com seu compatriota, o jovem Bertram Allen (24 anos) que venceu o Longines Speed ​​Challenge em 2016. Juntamente com Kevin Staut, outros dois ex número 1 do mundo: o suíço Pius Schwizer, que regressou ao mais alto nível (2.º lugar no último domingo no Grande Prémio da Taça do Mundo em Amesterdão) e o francês Simon Delestre. O holandês Gerco Schröder, Campeão Mundial em 2014 e Vice-Campeão Olímpico em 2012, também estará presente.

Já o belga François Mathy Jr. chega a Hong Kong em grande forma, ele que terminou em 2.º lugar no Grande Prémio da Taça do Mundo em Leipzig e estará em Hong Kong com seus compatriotas Olivier Philippaerts, Jérôme Guery e os jovens Maxime Harmegnies e Pieter Clemens.

KevinStaut_PSIforEEM

Até mesmo o continente africano será representado por um cavaleiro que brilhou em 2018 ao vencer os prestigiados Grandes Prémios de 5* de Paris-Eiffel e Calgary: o egípcio Sameh El Dahan.

Quanto aos asiáticos, é claro que, pela quarta vez, Jacqueline Lai (em baixo), uma das cavaleiras mais experientes de Hong Kong, medalha de prata individual nos Jogos Nacionais da China em 2013 marca presença. Será também uma oportunidade para o público conhecer a cavaleira local Raena Leung, que depois de vários meses na Europa, regressa a Hong Kong para se apresentar sozinha. A estas duas mulheres de Hong Kong, juntam-se neste Longines Masters, os cavaleiros do Japão Hikari Yoshizawa, da China You Zhang, Ella Wang e Zhang Xingji, da Coreia do Sul Manjun Kwon e de Taiwan Isheau Wong.

Jacqueline Lai

Notícias relacionadas:

- Asia Horse Week

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades