Raides. 17 JAN 2019

Comissão Temporária de Raides FEI volta a reunir

A segunda reunião presencial, decorreu nas instalações da FEI.


Tempo de Leitura: 4 Min

EAU.JPG

A Comissão Temporária de Raides, que continua a receber enorme feedback por parte da comunidade de Endurance, realizou a segunda reunião presencial na sede da FEI, na passada terça-feira (15 de Janeiro) com o objectivo de continuar a trabalhar na revisão profunda das regras da disciplina.

A Comissão, estabelecida pelo Conselho da FEI em Outubro do ano passado, foi encarregue de trazer o desporto de volta às raízes originais da Resistência Equestre (em vez de corridas de Endurance).

Os tópicos em cima da mesa incluiram períodos obrigatórios de descanso, número de entradas e inícios faseados, equipas fora dos pontos de água, a nomeação e rotação dos Oficiais da FEI e cumprimento das regras.

"Estou realmente animada com esta reunião", disse a presidente da Comissão, Sarah Coombs. “Foi extremamente produtiva e, com a combinação da experiência dos membros que integram esta Comissão e a contribuição da comunidade equestre, sinto que já demos e continuaremos a dar passos largos em direcção ao nosso objetivo de melhorar o bem-estar dos cavalos de Endurance.” 

Esta Comissão teve sua primeira reunião em meados de Dezembro do ano passado e já recebeu aprovação da Direcção da FEI para uma mudança nas regras de Endurance com a introdução do conceito de Lesão Grave, com as mesmas sanções de uma Lesão Catastrófica que requer eutanásia. Esta medida foi extremamente bem recebida pela comunidade de Endurance e será implementada a partir de 1 de Fevereiro de 2019. 

Uma proposta para testar uma redução nas frequências cardíacas máximas e nos tempos de apresentação nas provas de Raides realizadas entre 1 de Fevereiro e 1 de Abril de 2019, teve reacções diversas por parte das Comissões Organizadoras e Federações Nacionais que realizaram eventos durante o período de teste de dois meses. Os organizadores participantes seriam solicitados a implementar as frequências cardíacas de 64bpm na 1.ª grelha veterinária e 60bpm daí em diante, incluindo na inspecção final, em 20 minutos. 

Os membros da Comissão Temporária são: Dra. Sarah Coombs (GBR), Tarek Taher (KSA), Pieter Wiersinga (HOL), o Dr. Tim Parkin (GBR) e Valerie Kanavy (EUA). O Vice-Presidente da FEI, Mark Samuel (CAN), também participa das reuniões da Comissão Temporária para facilitar as comunicações entre a comissão e a Direcção da FEI. 

A Comissão Temporária realizará a sua próxima reunião presencial em 22 de Fevereiro, após um dia inteiro de consultas prévias às partes interessadas. Haverá uma sessão dedicada à Resistência Equestre no FEI Sports Forum 2019 (15-16 de Abril), na qual os delegados receberão uma actualização da Comissão Temporária como parte do processo de consulta completa antes de votarem as emendas propostas na Assembleia Geral da FEI em Novembro. 

Separadamente, a FEI enviou esta semana um lembrete aos Treinadores de Raides em como foram feitas alterações significativas às Regras da FEI Anti Doping e de Medicação Controlada (EADCMRs) e que entraram em vigor a 1 de Janeiro de 2019. De acordo com as novas Regras, suspensão automática provisória será imposta ao Treinador registrado de qualquer cavalo que tenha resultados positivos para uma Substância Proibida ou duas ou mais substâncias de Medicação Controlada. Durante a suspensão provisória, os Treinadores não poderão treinar nem entrar cavalos sob seus cuidados directos ou indirectos em eventos nacionais ou internacionais de Endurance.

P.R.

 

Notícias relacionadas:

INVESTIGAÇÃO AO SUCEDIDO NO MUNDIAL

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades