Quinta Dos Cedros. 08 JAN 2019

Martim Menéres com nova montada

O jovem cavaleiro internacional português vai iniciar um projecto a longo prazo com mais um cavalo lusitano.


Tempo de Leitura: 3 Min

marrafa_01

Marrafa dos Cedros (Disturbio [PFC] x Imperatriz dos Cedros [CQC] por Zaire [PP]) deixou, este sábado, a Coudelaria Quinta dos Cedros, onde nasceu, rumo à quadra de Martim Menéres.

A égua lusitana de apenas 3 anos foi adquirida por um investidor inglês e confiada ao cavaleiro luso, que encara este desafio como "o primeiro projecto de A a Z", em que tem em mãos "um poldro por desbastar e um objectivo de o levar a Grande Prémio."

O interesse do investidor inglês em Martim surgiu há cerca de dois meses e "após termos acertado todos os pormenores e objectivos, começámos a procura pelo cavalo ideal", explicou à EQUITAÇÃO o Campeão Nacional de Dressage de Jovens Cavaleiros. "Tinha de ser Lusitano, estar no campo, com boas linhas, boa constituição física, bons andamentos e boa cabeça. A escolha foi a Marrafa dos Cedros, na qual encontrámos tudo o que queríamos."

Já diz o adágio que, "grandes poderes trazem grandes responsabilidades", mas Martim não se sente intimidado com o desafio que tem agora em mãos. "Estou muito contente com este projecto, quero agradecer ao meu investidor a confiança depositada no meu trabalho e espero conseguir levar a Marrafa dos Cedros ao mais alto nível.  Estou muito confiante que, com a ajuda de toda a minha equipa, este projecto seja um sucesso e o primeiro de muitos" avançou à EQUITAÇÃO.

Marrafa dos Cedros é um produto da segunda geração da Quinta dos Cedros, Coudelaria sediada em Almargem do Bispo.

"É um produto resultado de um novo cruzamento que vem na sequência da nossa aposta em criar um efectivo que tem na sua base Rubi x Ufana" adianta o criador, Bruno Carrilho. "Depois de montarmos e avaliarmos todo o nosso efetivo reprodutor, submetendo-o ao sistema de avaliação linear com Francisco Cancella de Abreu, Daniel Pinto e Filipe Canelas Pinto, acedemos a toda a informação que foi fruto dessa rigorosa avaliação. Decidimos então testar o Garanhão Distúrbio (PFC) com o objectivo de dar continuidade e melhor a performance dos nossos produtos. A Marrafa até a data tem provado que as escolhas que fizemos não estão muito «erradas», tem uma boa conformação, que com toda a certeza não lhe irá trazer problemas de funcionalidade, três andamentos acima da média e bom carácter. Mesmo tendo apenas três anos, acredito que tem tudo para ser um bom cavalo de desporto."

Sobre o novo cavaleiro de Marrafa dos Cedros, "o Martim, mesmo sendo muito jovem, não é um cavaleiro qualquer! Para se ser 5.º no Ranking da FEI tem que se ter um enorme potencial e um nível de profissionalismo à altura dos melhores do mundo. Tenho a plena convicção que será uma dupla com enorme potencial. Sentimo-nos muito honrados e agradecidos pela aposta e confiança num produto «made in» Quinta dos cedros" afirmou Bruno Carrilho.

Para além de Campeão Nacional em título, Martim encontra-se em 5.º no ranking mundial FEI de Dressage de Jovens Cavaleiros, tendo obtido o 8.º lugar na Kur no último Campeonato da Europa, o PSL Equador. Foi após o mesmo que o cavaleiro deu uma entrevista exclusiva à Revista Equitação, que pode recordar AQUI.

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades