Chce. 07 NOV 2018

CH Costa do Estoril: montar em família

Conheça o Centro Hípico localizado em Cascais.


Tempo de Leitura: 8 Min

Costa do Estoril 01

Estávamos em 2014 quando Adele Gambini e o marido - que, na juventude, foi campeão de saltos de obstáculos em África - adquiriram o Centro Hípico Costa do Estoril (CHCE). "Adoramos cavalos, sendo também a grande paixão das nossas filhas". Lisa, Salomé e Melanie são todas cavaleiras.

O corpo docente é composto por uma equipa experiente e diversificada da qual fazem parte, actualmente, o Coronel Manuel Telles Grilo, Hugo Serrenho, António Garcia, Inês Pires e Estêvão Lourenço. Nada como Adele, para os apresentar: "O Coronel Manuel Telles Grilo, é o nosso responsável técnico Mestre de Equitação (Treinador de Grau 4), antigo responsável pela Escola Militar de Equitação em Mafra, que como cavaleiro, competiu ao longo de cerca de 25 anos nas disciplinas de Concurso Completo de Equitação, Ensino e Obstáculos. Tem trazido ao nosso centro hípico a capacidade de organização e o know-how para o bom funcionamento do mesmo, ministrando aulas fantásticas de obstáculos e ensino, uma experiência que recomendamos.

Hugo Serrenho, já está na nossa escola há mais de dois anos, especializado em CCE, é o nosso monitor (treinador de Grau 2) responsável da escola e também do sector da Hipoterapia. Conseguiu levar a nossa aluna Ana Mota Veiga, portadora de paralisia cerebral, aos Jogos Paralímpicos do Brasil em 2016, Jogos Equestres Mundiais em Tryon em 2018, tendo para 2019 outro projecto Internacional. Dá aulas de obstáculos, ensino e Hipoterapia.

Inês Mano Pires antiga aluna deste centro hípico por adorar a modalidade de ensino concluiu o curso de ajudante monitor (treinador de Grau 1) em 2018 e conseguiu levar a nossa aluna no Campeonato da Europa de Póneis em 2018. Em 2019 além de dar continuidade ao trabalho antecedente vai também lançar-se num novo projeto. Espírito lutador, é uma jovem professora da nossa equipa que tem a especialidade de ensino, dando também aulas de iniciação de Obstáculos e Hipoterapia.

Estêvão Lourenço, ajudante monitor que se juntou recentemente à nossa equipa mas que já mostrou o quanto cativante consegue ser com os alunos, ministrando iniciação de Obstáculos e iniciação de Ensino.

António Garcia que também se juntou recentemente à nossa equipa trazendo um ar fresco na disciplina de Ensino, pois tendo uma vasta experiência nesta disciplina - 18 anos no Brasil e 4 nos USA - irá certamente ajudar-nos a elevar o nível da Escola.

Como podem ver a nossa filosofia é ser uma equipa multidisciplinar, dedicada, competente e ambiciosa, cujo desígnio é de ter cavalos e proprietários felizes e com um serviço de qualidade."

Há, portanto, na casa, professores para todas as valências e graus de ensino.

Com três picadeiros, o CHCE tem como serviços: cavalos a penso (com ou sem trabalho), aulas de equitação nas vertentes de Volteio, Ensino e Obstáculos para cavaleiros dos 4 aos 80 anos, Hipoterapia e passeios no exterior. Organizam também eventos (festas de aniversários, actividades de tempos livres, team building) e dispõe de uma loja de material equestre.

Costa do Estoril 02

Com uma média de 400 alunos, este centro hípico de cariz familiar tem o Pónei Hemingway B como mascote. "Foi o primeiro cavalo em Portugal a competir em PONEY FEI o que acabou por abrir uma porta para esta vertente da disciplina de ensino que infelizmente não tem sido tão desenvolvida em Portugal e na qual esperamos continuar a ser percursores e motores."

Nos últimos anos, o CHCE tem organizado diversos concursos nacional e internacionais e em 2019 será palco de um CDI3*.

"O primeiro internacional que realizámos, um CDI3*, em 2018 foi um dos nossos maiores desafios" recorda Adele. Participaram neste concurso vários cavaleiros estrangeiros, representando oito nações.

Adele Gambino Pinteus e Rick Klaassen

Adele Gambini, Frederico Pintéus e Rick Klaassen

Juizes Dressage Challenge 2018

Equipa de Juízes do CDI3* de 2018

Este ano, "realizámos também o Dressage Challenge, um conjunto de concursos que permite aos cavaleiros treinar para as provas com juízes internacionais, o que lhes permite fazer uma avaliação do seu trabalho e performance equestre dos cavalos, sem ter as despesas de um CDI."

Para 2019 está previsto um CDN (26 e 27 Janeiro), a segunda edição do Dressage Challenge e uma jornada do Concurso Regional de Ensino (15 de Junho). Mas é nos dois CDI3* (1 a 4 e 7 a 10 de Março) que reside "a grande aposta do próximo ano. Neste momento já conseguimos ter um conjunto de Juízes dos quais muitos são 5 estrelas o que permitirá aos cavaleiros obter qualificações para os próximos Jogos Olímpicos e Campeonatos da Europa", adianta a proprietária, que deixa o convite: "Portugal é um lugar fantástico! Se juntarmos a este facto as excelentes condições técnicas do nosso centro hípico, um colectivo de juízes com vasta experiência mundial, uma localização perto da praia que permite conjugar com a competição umas férias de sonho em Cascais, Sintra e Lisboa podendo visitar locais paradisíacos, disfrutar de uma gastronomia de renome mundial, tudo isto para numa só viajem ter 6 tentativas para apuramento para Jogos Olímpicos e Campeonatos Europeus só nos resta perguntar: PORQUÊ FALTAR?".

 

INSTALAÇÕES DO CHCE:

- 56 boxes

- Serviço de paddock

- Guia elétrica

- Redondel coberto

- 3 Picadeiros (um Picadeiro coberto de 20 X 36 ; dois Picadeiros exteriores, um de 20 x 60 e outro de 90 X 50)

Costa do Estoril 03

JUÍZES PRESENTES NOS CDI3* DE 2019

1 a 4 de Março

Maribel Alonso (MEX) 5*
Carlos Lopes (POR) 4*
Raphael Saleh (FRA) 5*
Paco Guerra (SPA) 5*
Hans Christian Matthiesen (DEN) 5*
Magnus Ringmark (SWE) 5*

 

7 a 10 de Março

Maribel Alonso (MEX) 5*
Irina Macnami (RUS) 5*
Sandrine Trimborn (FRA) 3*
Hans Christian Matthiesen (DEN) 5*
Vencenzo Truppa (ITA) 5*
Clive Halsall (GBR) 5*
Carlos Lopes (POR) 4*

Flyer_CDI_2019_2logos-01

Fotos: Dressage 1st

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades