Raides. 08 OUT 2018

XII Raid Ruta de Los Dólmenes

João Bagulho escreve sobre o mais recente raide disputado em Badajoz, Espanha.


Tempo de Leitura: 3 Min

XII Raid Ruta de Los Dólmenes

Numa altura em que as posições se estão a extremar entre a FEP e a Real Federación Hípica Española, na disciplina de Resistência Equestre, será aconselhável que a AREP, que representa os cavaleiros, os proprietários e as organizações, apresente uma proposta sólida no interesse dos seus sócios junto da FEP, com carácter urgente solicitando bom senso e a abertura do dialogo com a RFHE, no planeamento das competições desta disciplina nos dois países, permitindo tão só salvaguardar o interesse de todos. Partir para decisões unilaterais só nos prejudicará, por sermos o elo mais fraco.

E a confirmação desta minha opinião com a afirmação dos dados deste raide, onde as inscrições foram mais baixas do que em Portugal e com prémios pecuniários que em Portugal deixaram de existir.

Os cavaleiros portugueses venceram as duas provas principais, dois segundos e outras classificações nas provas em que competiram.

Estas provas servem para qualificar cavalos de acordo com os regulamentos, permitindo uma progressão, quando conseguem atingir a classificação que lhes permite disputar o mais alto nível na Resistência Equestre, a prova principal os 160km.

XII Raid Ruta de Los Dólmenes

Ora, temos assistido em Portugal ao cancelamento de algumas provas, o que prejudica, e muito, cavaleiros e proprietários que planeiam a época desportiva face às provas oficiais calendarizadas.

Por outro lado, a maior implantação e expressão desta disciplina no país localiza-se no Alentejo, o que permite um intercâmbio intenso e desde sempre com os vizinhos espanhóis. Basta referir que o Campeonato da Europa FEI de 1999 se disputou entre Elvas e Badajoz e conseguimos vencer por equipas.

Aqui chegados será extremar as posições se a RFHE que tem dificultado a qualificação de cavalos nas competições em Portugal receba da FEP idêntica atitude ou seja determinar que as provas em Espanha terão o mesmo procedimento para os nossos cavalos.

A concretizar-se este anunciado " divórcio", os principais prejudicados serão os cavaleiros e proprietários portugueses, já que infelizmente somos o elo mais fraco.

Resta esperar que o bom senso impere e que haja diálogo entre as duas federações, com uma permanente atitude responsável da AREP.

 

Resultados dos conjuntos lusos:

Prova de 81km -  vencedor dorsal 126, João Afonso Comenda, com Hermosa dos Hospitais.

Prova de 60km -  vencedor dorsal 103, João Raposo com Carolans, em 2.º lugar Carlos Cunha, dorsal 105 com Iraque da Tapada e em 7.º lugar Pedro Sá, com Diva da Ameira.

Prova de 40km - 2.º lugar João Picão Abreu com Hortelã da Alcântara, em 4.º lugar José Maria Caeiro, com Índia do Inquisidor, em 6.º lugar Rui Lanternas, com Emir de Boavista, em 12.º lugar Ivan Gaspar, com Lor A A.

 

Texto: João Bagulho. Fotos: José Luis Garcia Oriozabala

 

Resultados completos AQUI.

 

XII Raid Ruta de Los Dólmenes

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades