Dressage. 14 SET 2018

Reconquista do título

Em oito edições dos Jogos Equestres Mundiais, a Alemanha já conquistou o título de campeã do mundo de Dressage sete vezes.


Tempo de Leitura: 3 Min

Pódio Equipas JEM 2018

Ontem, pela Alemanha, foram à pista o jovem Sönke Rothenberger, na sela de Cosmo, e a já veterana Isabell Werth, com Bella Rose, terminando com médias de 81,444% e 84,829%, respectivamente. Estes dois resultados, somados aos conseguidos na terça-feira por Jessica von Bredow-Werdnl/TSF Dalera BB (76,677%) e Dorothee Schneider/Sammy Davis Jr (75,062%), garantiram a medalha de ouro para a formação germânica, com um total de 242,950. Esta é a 12.ª vez que a Alemanha se sagra campeã do mundo, em 52 anos de existência desta competição, e a 7.ª em oito edições de Jogos Equestres Mundiais.

Quanto a Isabell Werth, já conquistou mais medalhas que qualquer outro atleta no desporto equestre. Este ano alcançou a vitória com Bella Rose, de 14 anos, égua que já estava em ascensão quando sofreu uma lesão em 2014, que a colocou fora das pistas durante mais de três anos. "A maioria das pessoas sabe que o meu coração é muito chegado a esta égua. Ela é uma dádiva. Vi isso quando a conheci com três anos e nunca perdeu isso. A sua leveza, elegância, nunca quer errar, é cheia de força e energia. É um grande prazer trabalhar com ela", afirmou a cavaleira, que já tem no currículo seis medalhas de ouro olímpicas e integrou as equipas que se sagraram campeãs do mundo em Haia (HOL) em 1994, Roma (ITA) em 1998, Aachen (ALE) em 2006 e em Caen (FRA) em 2014.

A medalha de prata foi para a equipa da casa, onde se destacou Laura Graves e Verdades, que finalizaram com 81,537%, a 2.ª melhor média registada no Grande Prémio. Integraram também a equipa norte-americana Steffen Peters/Suppenkasper (73,494%), Adrienne Lyle/Salvino (74,860%) e Kasey Perry-Glass/Goerklintgaards Dublet (76,739%).

A Grã-Bretanha conquistou a medalha de bronze, com uma formação composta por Carl Hester/Hawtins Delicato (77,283%), Charlotte Dujardin/Mount St John Freestyle (77,764%), Emile Faurie/Dono di Maggio (72,795%) e Spencer Wilton/Super Nova ll (74,581%).

Maria Caetano Couceiro e Coroado JEM2018

Quanto à equipa portuguesa, terminou na 12.ª posição, com um total de 202,935. O destaque vai para Maria Caetano Couceiro e Coroado, que terminaram com uma média final de 71,165%. Tendo-se classificado em 28.º, o conjunto garantiu o acesso ao Grande Prémio Especial, entrando em pista hoje, às 15h40 (hora portuguesa).

Por Portugal ontem foi também à pista ontem Vasco Mira Godinho, na sela de Bariloche, que terminou com uma média de 65,388%.

Foto: FEI/Martin Dokoupil

 

Resultados completos AQUI.

 

Notícias relacionadas:

- Alemanha assume a liderança

- Portugueses vão à pista

- Reunião de quadra

- Alterações na selecção para os JEM

Autor:

Carla Laureano

carlalaureano@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades