Revista Equitação. 13 SET 2018

Celeste Mogador e Vendredi de Loisel vencem GP Portugal para fundistas

No último domingo realizou-se a 1ª etapa da edição 2018 do Grande Prémio de Portugal.


Tempo de Leitura: 1 Min

Celeste

O Hipódromo Municipal da Maia foi o palco escolhido para este evento que consagra o melhor cavalo de longa distância, na modalidade de trote e galope.

O primeiro Grande Prémio a disputar-se foi a trote e consagrou pelo terceiro ano consecutivo Vendredi de Loisel (FR) da quadra PecNature como vencedor. Já no galope assistimos a uma surpresa, Celeste Mogador (FR) da quadra Carlos Alves, que partia neste lote como a única não vitoriosa no campeonato nacional esta época, reverenciou toda a sua qualidade e impôs-se sobre os favoritos, vencendo com Augusto Pereira às rédeas o Grande Prémio de Portugal 2018 sobre os 2400 metros.

Na prova de 1650 metros PSI, o veterano Borysthene (FR) da quadra Quinta da Figueira montado por Filipe Vaz foi o vencedor e na prova reservada a equinos nascidos e criados em Portugal, Lenda da Torre (POR) com Diogo Duarte liderou a prova do início ao fim, presenteando assim esta vitória à quadra AgroCarvalho. Na prova de Puro Sangue Árabe continuamos a assistir à exonúmia de BJ Retama da quadra Corbacho com Raul Fragueiro.

Na modalidade de trote atrelado tivemos ainda o handicap de 2300 metros que consagrou Sapolino (FR) da quadra Jardins Acúrcio com condução de Acúrcio Peixoto como o vencedor da primeira parte e Quebir de Leau (FR) da Quadra Casa Nova com condução da driver Elina Urrila como vendedor da 2.ª parte.

A segunda etapa do GP de Portugal é já no próximo domingo em Ponte da Barca.

Texto: Hélder Barbosa

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades