Revista Equitação. 10 AGO 2018

Pavimentos mais "verdes"

Sabia que pode ter boxes revestidas e pavimentos de borracha, totalmente "amigos do ambiente", feitos de materiais obtidos de pneus reciclados? É essa a proposta da EquiPaviTop, uma marca que se tem vindo a afirmar no mercado nacional.


Tempo de Leitura: 2 Min

EquiPaviTop

Porque "sustentabilidade" é muito mais do que um conceito "na moda", surgiu a Pneugreen Pavimentos, uma empresa nacional, que se dedica ao fabrico de soluções em borracha reciclada com o objectivo de incorporar, em produtos de utilidade, o máximo de granulado proveniente do pneu em fim de vida. Certamente já pisou diversos pisos feitos destes materiais nos parques infantis ou nas ilhas fitness espalhadas por diversas cidades/ vilas do país. Especificamente para o mercado equestre, a Pneugreen criou o EquiPaviTop, um produto em borracha, desenvolvido para aplicar em boxes, corredores, banhos e atrelados/ camiões de transporte.

EquiPaviTop

Um dos aspectos que distingue o EquiPaviTop é o método de aplicação, através de pinos de junção, que previnem o normal afastamento da união do pavimento provocado pela contracção e dilatação térmica. Para além de ser amovível (não precisa ser colado ao chão), o facto de ser modular, torna-o de fácil e rápida aplicação.

A manutenção não podia ser mais simples. O material é lavável com água e nem é necessário levantar as placas, pois estas são drenantes e porosas.

O EquiPaviTop tem como pontos fortes o facto de ser antiderrapante, flexível, confortável e inodoro. A cor standard é o preto mas pode ser encomendado em vermelho terra, cinzento, creme, castanho ou verde.

EquiPaviTop

O produto tem conquistado cada vez mais utilizadores. Ana Mendes, cavaleira de Saltos de Obstáculos, com boxes na Sociedade Hípica Portuguesa, é uma delas e recomenda: "Excelente. Um conforto e uma protecção para os nossos cavalos. Estou muito satisfeita!".

Feito de materiais reciclados, o EquiPaviTop é, também ele, reciclável.

 

Publicado originalmente in Revista Equitação n.º 132 (2018)

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades