Dressage. 30 JUL 2018

Hino nacional toca em Hickstead

A participação lusa no CDIO3* de Hickstead fica marcada pela vitória de Vasco Mira Godinho e pelas várias subidas ao pódio.


Tempo de Leitura: 1 Min

Portugueses Hickstead 2018

Na primeira prova disputada do CDIO3* de Hickstead, o Grande Prémio, os quatro conjuntos lusos foram à pista, com o melhor resultado a ser alcançado por Vasco Mira Godinho. Montando Bariloche, o cavaleiro subiu ao 3.º lugar do pódio, com uma média final de 71,543%.

Miguel Ralão Duarte, em Xenofonte d'Atela, terminou em 8.º, com 69,413%. Rodrigo Torres e Fogoso foram avaliados em 68,130%. Já Manuel Veiga, que competiu com Ben-Hur da Broa, ficou em 15.º, com 66,174%.

O vencedor foi o francês Pierre Volla, com Badinda Altene (72,674%), seguido da britânica Louise Anne Bell, montando Into the Blue (71,674%).

No GP Especial foi Vasco Mira Godinho fez soar o Hino Nacional, ao vencer com uma média de 71,511%. Nesta prova competiu ainda Manuel Veiga, que terminou na 6.ª posição, com 65,319%.

Já na prova com música competiram Miguel Ralão Duarte, que subiu ao 3.º lugar do pódio, com 71,707%. Logo a seguir ficou Rodrigo Torres, com 71,250%. A vitória voltou a ser alcançada por Pierre Volla, com 76,325%.

Por equipas, Portugal garantiu o 3.º lugar, com um total 30 pontos. Com a mesma pontuação, a Grã-Bretanha assegurou o 2.º posto, enquanto a França foi vitoriosa, com 26pts.

A competir em Hickstead esteve ainda Luís Príncipe, no CDI2*. Na sela de Le Docteur, ficou em 9.º na prova S. Jorge (69,176%). Na Intermediária I foi 2.º (70,686%). Na prova Freestyle também ficou em 2.º (73,250%).

 

Resultados completos AQUI.

 

Portugueses Hickstead 2018

Autor:

Carla Laureano

carlalaureano@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE A CATEGORIA

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades