Criação. 14 JUN 2017

Coudelaria Casal dos Rios

Com 10 anos de existência, a coudelaria aposta em linhagens antigas, mas de grande destaque e funcionalidade.


Tempo de Leitura: 4 min

A celebrar este ano o 10.º aniversário, a Coudelaria Casal do Rios, situada na Moita, conta actualmente com um efectivo de quatro éguas a criar, "sendo elas todas diferentes entre si, umas mais típicas, outras mais desportivas, para que possamos com um pequeno efectivo ter oferta para todo o tipo de mercado. Nas nossas éguas temos linhagens como Xaquiro CI, Quimono AA, Vidago SA, Maravilha MV, Quixote SS, Invulgar JHC, Gabiru AR, Danubio MV, Lagrimbjante SA", adianta o criador, Filipe Trindade, acrescentando ainda que "destacamos entre elas a nossa matriarca chamada União II, da criação da Coudelaria Alter Real e meia-irmã do grande olímpico Rubi AR."

Quanto à escolha dos garanhões, é sempre feita tendo em perspectiva "melhorar a morfologia e de forma a aumentar o potencial desportivo dos poldros. Temos por preferência garanhões testados a nível desportivo e com evidência da sua funcionalidade e melhoria de raça. Os garanhões utilizados nas nossas éguas têm sido o Viking, criação da Sociedade das Silveiras, o medalhado e jovem garanhão Guapo, o Divor do Rio, também garanhão da casa filho do Spartacus, e mais recentemente também apostámos no Rubi AR", explica Filipe Trindade.

Tendo como preocupação "ter cavalos muito bonitos, de preferência com cores raras, com excelente carácter para que possamos ter uma grande variedade de clientes", o criador esclarece que têm sempre o objectivo "de melhorar o cavalo fisicamente para que possa ter potencial desportivo."

Casal dos Rios 2

Uma das apostas da Coudelaria Casal dos Rios é na Equitação de Trabalho. Filipe Trindade explica que "ainda não temos muitos prémios devido ao pequeno efectivo, mas temos cavalos adquiridos, como aposta por nós, que já têm um currículo invejável." Exemplo disso é a Diospira JGR (Oxidado JGR), que venceu no ano passado o Campeonato Nacional no escalão de Consagrados, montada por Vasco Mira Godinho.

Também há cavalos jovens com o ferro da Coudelaria Casal dos Rios a competir em Dressage e em concursos de Modelo e Andamentos. Guapo, propriedade da coudelaria, já conquistou medalhas em eventos importantes como o Festival do Cavalo Lusitano, Feira do Cavalo de Ponte de Lima e Expoégua.

Casal dos Rios 3

Questionado sobre como descreveria o cavalo lusitano perfeito, o criador adiantou que é "um cavalo ardente e cheio de energia, de andamentos saltados, suave e confortável para o cavaleiro e, de preferência, o cavalo lusitano deve ter uma aptidão natural para os exercícios de concentração."

No que diz respeito ao futuro da raça, Filipe Trindade nota "uma grande evolução, especialmente em Dressage, com mais e melhores cavalos com grande potencial para esta disciplina. Embora, na nossa opinião, certos criadores estão a perder algumas características da raça, ganhando tamanho, mas perdendo características morfológicas, bem como cavalos difíceis de montar e apenas ao alcance de profissionais."

 

Localização:

Rua da Amizade, Quinta do Poejo, Penteado

2860-567 Moita

 

Contactos:

Telemóvel: 918 318 374 / 917 577 794

Email: geral@casaldosrios.com

Website: www.casaldosrios.com

Casal dos Rios 4

Fotos: Rita Fernandes

QUER SABER MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO?

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades