artigo. 30 ABR 2020

João Leitmann: Um jovem empreendedor no mundo equestre

João Afonso Leitmann é cavaleiro de Saltos de Obstáculos, tem apenas 23 anos, mas o que não lhe falta é empreendedorismo e ambição. Há três anos decidiu investir numa loja equestre online, para ter acesso a bons produtos de equitação a preços acessíveis.


Tempo de Leitura: 5 min

Quando o ser humano sente necessidade de algo o seu instinto tende a procurar soluções, e isto foi exactamente o que João Leitmann fez. Procurou marcas e produtos de qualidade mas a preços mais favoráveis, que estivessem mais de acordo com as suas possibilidades financeiras, e foi assim que o Grupo Equi levantou voo, quando em 2017 o jovem português criou a primeira loja online de artigos de equitação, a Equistore, e a ela já somou mais outras seis.

“Tudo começou porque sentia a necessidade de ter produtos a um preço mais baixo. Trabalhava para ter o meu arreio, para alimentar o meu cavalo... Lembro-me que, com 14 anos, antes de ir para Alter do Chão, trabalhava no Jockey (no Hipódromo do Campo Grande, em Lisboa) a fazer camas e a limpar cavalos em troca de lições”, recordou o jovem.

O Grupo Equi representa cerca de 30 marcas internacionais e cinco nacionais, mas João explica que “as portuguesas não conseguem concorrer com os preços das estrangeiras, e por isso é que não são tão requisitadas”. Acrescentou ainda que “80% dos nossos clientes, o primeiro critério de pesquisa é o do preço, só depois o da qualidade. Mas o que quero trazer ao cliente português são produtos com boa qualidade a um preço imbatível, ou seja, que consiga concorrer com as melhores marcas, mas que seja mais acessível.”

Equistore

A paixão pelo mundo equestre tem influência familiar, mais concretamente ao seu avô que é criador de cavalos e logo desde cedo, por volta dos oito anos, começou a montar e a competir, e mais tarde acabou por tirar o curso de Técnico Profissional de Gestão Equina, na Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Alter do Chão (EPDRAC).

Mas João não se fica por aqui e lançou um novo projecto, que consiste em ajudar aqueles que agora também sentem dificuldades no meio equestre. “A Equistore juntou-se à HKM Sports e temos uma parceria de patrocínio, foi assim que lhe chamamos. O objectivo é projectar cavaleiros jovens, para lhes dar as melhores condições”, contou, referindo ainda que “não é necessário a marca ser a mais cara, porque basta estes cavaleiros terem qualidade que chegarão ao mesmo nível dos outros, e estamos a falar de cavaleiros que estão nos primeiros lugares do ranking nacional”, esclareceu.

A HKM Sports é uma marca alemã de artigos de equitação, que foi fundada no ano de 1967, que segue o mesmo lema da Equistore oferecer produtos com preços acessíveis mas mantendo a qualidade.

Para já as duas marcas vão patrocinar três jovens portugueses: nos Saltos de Obstáculos, a cavaleira juvenil Alice Rocha de 12 anos e o sénior Tiago Morais de 22 anos; na Dressage, Tiago Alves de 23 anos.

Alice Rocha_cavaleira_saltos

Alice Rocha não conseguiu esconder a sua satisfação com os produtos da Equistore e destacou as características principais dos artigos, que a própria já teve oportunidade de usar, “têm muita boa qualidade, assim como uma boa estrutura e principalmente o tecido da roupa que é muito confortável.” Questionada sobre se acha que é necessário ter o melhor arreio do mundo ou o melhor material para competir, com isto diga-se mais caro, para chegar ao nível em que se encontra agora, a jovem esclareceu que “ o mais importante é a forma que nós montamos, não depende se temos um arreio melhor do que o outro, mas depende da nossa coragem e de sermos muito destemidos no que queremos fazer”, explicou.

Já Tiago Morais não poupa os elogios ao dono da Equistore e que vantagens terá com esta parceria. “Sei que se precisar de algo basta falar com o João e ele manda-me logo os artigos, ele é cinco estrelas. Há uma relação e um contacto muito constante. E para mim, isto é muito importante, porque está sempre disponível para ajudar”, contou o cavaleiro, que já conhece a loja desde a sua fundação em 2017, assim como Tiago Alves que diz estar "muito feliz com o novo patrocínio.”

Tiago Morais_cavaleiro_saltos

Tiago Alves_ cavaleiro_dressage

Actualmente, a Equistore e as restantes lojas ainda não contam com um espaço físico, estão disponíveis apenas no mundo digital, mas João confessou à EQUITAÇÃO que tem em mente um “projecto que em principio irá arrancar no final do ano.”

As encomendas são efectuadas através das redes sociais Facebook e Instagram da Equistore e o processo é muito simples. “Os interessados só têm que enviar uma mensagem privada e a partir daqui terão um atendimento personalizado, após o pedido de encomenda e consoante os produtos que as marcas que represento têm, vejo como posso ajudar”, clarifica João, afirmando que está “sempre em constante contacto com os clientes, para garantir que não ocorre nenhum extravio ou qualquer outro problema.” Apesar de vender um pouco de tudo, destaca como principais produtos os arreios, cabeçadas e caneleiras.

cavalo com manta de massagem (Equistore)

Um dos produtos que a Equistore tem disponível de momento é uma manta de massagem, com uma promoção de abertura, no valor de 350 euros. Pode consultar mais informações na página online da loja.

De referir ainda que a Equistore estabelece apoio e parceria a todos os Centros Hípicos, para tal, basta entrar em contacto com a loja através da sua página de Facebook/Instagram ou jaleitmann@gmail.com.

Como já foi possível perceber João Leitmann é um jovem muito activo e o seu  empreendedorismo não termina por aqui, pois está a criar também uma marca própria de roupa e de artigos de equitação, mas ainda está em fase de produção e só será lançada no final do Verão.

Autor:

Ana Rita Moura

anaritamoura@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO?

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades