Artigos. 22 ABR 2020

O #FicaemCasa dos cavalos

Agora é a altura perfeita para percebermos melhor o que significa para um cavalo viver numa boxe.


Tempo de Leitura: 3 min

Está fechado nas suas quatro paredes o dia inteiro? Se calhar tem pouca sorte com a localização da sua casa e nem consegue ver o céu? Pode apenas sair para uma curta hora de exercício por dia? Não pode ver os seus amigos como e onde gostaria? Não consegue desfrutar das suas refeições preferidas?

Estamos a viver assim há algumas semanas e muitos de nós sofremos com a situação. Agora é a altura perfeita para percebermos melhor o que significa para um cavalo viver numa boxe:

Estão fechados nas suas quatro paredes o dia inteiro. Se calhar tem pouca sorte com a localização da sua casa e nem conseguem ver o céu. Podem apenas sair para uma curta hora de exercício por dia. Não podem ver os seus amigos como e onde gostariam. Não conseguem desfrutar as suas refeições preferidas.

Quais são as diferenças então?

• Os cavalos não sabem o porquê. Nós temos boas razões para ficar em casa.
• Os cavalos vivem assim quase a vida inteira. Nós temos o fim em vista.
• Os cavalos são animais de fuga que se sentem mais seguros em espaços abertos. Nós por natureza gostamos de abrigos fechados.
• Os cavalos não têm o metabolismo adaptado para uma vida sem movimento constante. Nós não precisamos de tanto movimento.
• Os cavalos vivem completamente sozinhos em cada boxe. Alguns de nós temos a sorte de ter familiares a viver connosco.
• Os cavalos só comem o que os humanos entendem trazer. Nós podemos ir às compras, cozinhar e até temos take-away.

Então porque é que fazemos isso com os cavalos? Por conveniência e por razões financeiras.

Gostamos de poder montar ao fim do dia durante a semana e por isso precisamos dos cavalos perto das cidades. Mas perto das cidades os terrenos são caros, por isso confinamos os nossos cavalos em boxes de 9 ou 12 metros quadrados, que é o equivalente a ter um cão numa caixa de transporte. Para os cavalos terem uma vida digna, precisam de espaço, o que significa que ou a equitação perto das cidades se torna muito mais cara ou a equitação vai passar a ser um desporto que não se consegue praticar ao fim do dia ou durante o fim-de-semana sem uma deslocação maior.

Por estas razões fui viver para o campo com os meus cavalos, com todos os privilégios e todos os desafios que isso implica. Quando a quarentena acabar, convido-vos a visitarem-me e a ver como os cavalos podem ser felizes quando têm espaço e companhia. Entretanto, como quase tudo por estes dias, estamos à distância de um ‘click’ em www.sundanceranchportugal.com

Autor:

Sandra Dias da Cunha

info@sundanceranchportugal.com

QUER SABER MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO?

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades