Entrevista. 15 MAR 2019

FREDERICO PINTEUS: “A DRESSAGE É O EXPOENTE MÁXIMO DA EQUITAÇÃO”

Cavaleiro, juiz, treinador, organizador de concursos. Aos 43 anos, Frederico Pinteus tem vasta experiência dentro e fora de pistas. Se há quem conheça bem a realidade da Dressage em Portugal é ele, e por isso, nesta edição, fomos nós conhecê-lo melhor.

Restrito

Tempo de Leitura: 29 min

Diz que o seu dia começa e acaba com os cavalos, em jeito de brincadeira, “com pelo menos 8h de escritório pelo meio”. Actual responsável pela área internacional do Corporate Labour Relations da Continental AG, Frederico Pinteus é presença assídua nos concursos de Dressage, embora tenha iniciado a carreira desportiva no Horseball com diversas internacionalizações e títulos de Campeão Nacional, Campeão da Europa e da Taça da Portugal e feito uma breve passagem pelos Saltos de Obstáculos. O “bichinho” da Dressage - que considera “o expoente máximo da Equitação” - esse, esteve sempre lá, ou não tivesse iniciado a sua aprendizagem no Picadeiro do Lumiar e bebido dos ensinamentos de mestres como Fernando Ralão, Margaretha Lima Garcia e D. José de Athayde, cavaleiros que marcaram profundamente todos os que com eles tiveram a oportunidade de aprender.

 

Autor:

Ana Filipe

anafilipe@invesporte.pt

QUER SABER MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO?

Insira o seu e-mail e receba todas as novidades